Serena Williams atropela Strycova nas semifinais de Wimbledon e vai à final pela 11ª vez
Foto: WTA/Divulgação

Serena Williams atropela Strycova nas semifinais de Wimbledon e vai à final pela 11ª vez

Americana precisou de apenas uma hora em quadra para eliminar sua última vítima antes da grande decisão

henrique
Gabriel Matos

Em forma imperial, a #10 Serena Williams, heptacampeã de Wimbledon, volta a disputar uma final de Slam pela primeira vez desde o US Open de 2018. Para isso, nas semifinais de Wimbledon, precisou passar pela tcheca #54 Barbora Strycova, surpresa da competição, por dois sets a zero, com parciais de 6/1 e 6/2, em apenas 59 minutos de partida na Quadra Central nesta quinta-feira (11).

Williams teve uma de suas performances mais brilhantes da temporada, com todos os seus fundamentos de maior importância beirando a perfeição. Ao fim do jogo, cometeu apenas dez erros não-forçados e marcou 28 winners, enquanto uma incapaz Strycova fez oito bolas vencedoras e dez erros não-forçados.

A americana venceu 89% dos pontos com seu primeiro serviço e salvou os três break points que a tcheca conseguiu e converteu quatro em cinco oportunidades. Em ambos os sets, Strycova confirmou seus serviços no início, mas viu sua adversária arrancar cinco games consecutivos logo em seguida.

Com o resultado, Serena vence sua 32ª semifinal de Slam em 37 participações, não sendo derrotada desde o US Open de 2016. Das 32 finais jogadas, ela venceu 23, tendo agora a oportunidade de empatar o recorde definitivo do tênis feminino de 24 Slams conquistados por Margaret Court. "Eu realmente não penso se são 23, ou 24, ou 25", disse Williams em entrevista após a partida. "Acho que é mais sobre ir em quadra e dar meu maior esforço independente de qualquer coisa".

Já recuperando sua vaga no top 10 com o triunfo nas semis, Serena agora busca um lugar na oitava colocação com o título na grama sagrada. Para isso, precisará superar na final a #7 Simona Halep, que vem de vitória tranquila sobre a #8 Elina Svitolina nas semifinais. As duas já se enfrentaram dez vezes na WTA. Em nove ocasiões, a americana saiu vitoriosa, com a única exceção sendo no WTA Finals de 2014, na fase de grupos. 

VAVEL Logo