Preciso nos momentos decisivos, Medvedev bate Dimitrov em sets diretos e avança à final do US Open
Foto: Divulgação / US Open

Preciso nos momentos decisivos, Medvedev bate Dimitrov em sets diretos e avança à final do US Open

Russo joga em alto nível, vence búlgaro com autoridade e chega à decisão de um Slam pela primeira vez na carreira

caiocarvalho97
Caio Carvalho

A fase espetacular do #5 Daniil Medvedev parece melhorar cada vez mais. Vindo de ótimos resultados na gira norte-americana, o russo avançou para a decisão do US Open ao bater o búlgaro #78 Grigor Dimitrov por 3 sets a 0, parciais de 7/6 (5), 6/4 e 6/3, em 2h38 de uma partida de alto nível na Arthur Ashe

Com o grande resultado de Medvedev, que atingiu sua primeira final de Grand Slam da carreira, a Rússia volta a ter um representante na decisão em Nova Iorque depois de 19 anos. O último havia sido Marat Safin, que em 2000 derrotou Pete Sampras e conquistou o troféu.

O primeiro set foi de muitas trocas de bola e pontos bem disputados, o que fez com que ambos cometessem um bom número de erros não forçados. Em um jogo lá e cá, os tenistas trocaram quebras no começo da parcial e a partir daí o equilíbrio imperou. Dimitrov chegou a ter um set point no 12° game, mas viu Medvedev se reerguer, confirmar o saque e levar a decisão para o tie-break.

Assim como foi ao longo do set, os pontos foram decididos no detalhe. O búlgaro chegou a abrir 2-0, mas viu o russo virar para 4-2 e ficar em vantagem. Mesmo cometendo uma dupla falta, Medvedev seguiu liderando o placar e, após um erro de forehand de Dimitrov, fechou o game desempate em 7/6 (7-5). 

O panorama de quebras repentinas se repetiu na segunda parcial. Primeiro, o búlgaro fez 1/0. Depois, o russo virou para 3/1 e pareceu tomar as rédeas do confronto. Porém, Dimitrov voltou a pressionar nas devoluções e empatou o set. A partir daí, o jogo seguiu em um ritmo alucinante e com pontos sensacionais por parte dos dois.

Depois de um game de oito minutos, onde o búlgaro teve break points mas não aproveitou, Medvedev ganhou confiança e apostou na consistência para surpreender o adversário. Cabeça de chave número cinco, o russo contou novamente com erros de Dimitrov - foram 19 no total -, obteve mais uma quebra de saque e fechou a parcial em 6/4.

Embalado com a boa vantagem na partida, Medvedev veio para o terceiro set com o saque afiado e destinado a não ceder pontos de graça para o búlgaro, que por sua vez continuou cometendo os erros que comprometeram seu desempenho ao longo do duelo. Com uma quebra logo no terceiro game, o russo abriu 4/1 rapidamente.

Superior em todos os aspectos, Medvedev chegou a ter duplo match point no oitavo game, entretanto esbarrou em um Dimitrov que não se entregou, confirmou o serviço e ganhou uma sobrevida. Mas não adiantou muito. Fazendo valer o ótimo aproveitamento nos games de saque, o russo fechou em 6/3 com autoridade e decretou a vitória.

Classificado para a grande final do Aberto dos Estados Unidos, o cabeça de chave número cinco espera quem passar da semifinal entre o espanhol #2 Rafael Nadal, tricampeão do torneio, e o italiano #25 Matteo Berrettini, uma das surpresas da competição.

VAVEL Logo