Pavlyuchenkova derrota Pliskova na terceira
rodada do Australian Open
Foto: Divulgação/WTA

A #30 Anastasia Pavlyuchenkova, que foi até às quartas de final no ano passado, segue viva no Australian Open. A russa conseguiu um grande feito ao bater a #2 Karolina Pliskova na terceira rodada, nesta sexta-feira (24). O placar foi de 2 sets a 0, com parciais de 7/6(4) e 7/6(3), em quase duas horas e meia de duração.

O fato da partida ter durado tanto, mesmo que não tenha ido para o terceiro set, já exemplifica o quanto o duelo foi duro. Ambas as tenistas têm grande peso de bola e sacaram muito bem, com exceção de alguns games. Houve apenas duas quebras em cada etapa, e ainda foram intercaladas, com uma para cada jogadora. No restante, as duas fecharam a porta em seus serviços.

A diferença para Pavlyuchenkova foi que ela arriscou mais. A russa sabia que precisaria beliscar as linhas caso quisesse vencer Pliskova, e foi o que ela vez. O resultado gerou um grande número de erros não-forçados, com 43, mas também trouxe uma quantidade bem maior de winners, com 51; a número 2 do mundo teve 35 e 29, respectivamente.

Esse cenário fez diferença para a russa nos dois tiebreaks que elas jogaram. A ousadia foi chave para quebrar o ritmo da adversária e abrir vantagem. No primeiro set, foram quatro mini-breaks a seu favor e nenhum contra; já na segunda parcial, ela venceu duas vezes o ponto no serviço da oponente, que não conseguiu incomodá-la em momento algum. 7-4 e 7-3 foram os placares dos desempates e assim a zebra foi confirmada.

Depois de eliminar a atual número dois, Pavlyuchenkova terá pela frente uma ex-número um do mundo. A sua próxima adversária será a #18 Angelique Kerber, que derrotou a #102 Camila Giorgi na terceira rodada, por 2 sets a 1.

VAVEL Logo