Cabeça de chave número um, Wild cai na estreia do quali de Roland Garros
Foto: Philippe Montigny/FFT

O brasileiro #107 Thiago Seyboth Wild caiu logo na estreia do qualificatório de Roland Garros nesta segunda-feira (21). Ele foi derrotado por 2 sets a 0 em Paris para o equatoriano #154 Emilio Gómez, com parciais de 6/3 e 6/2, em 1h21. O tenista sul-americano é filho do lendário tenista Andrés Gómez que ganhou Roland Garros em 1990.

O brasileiro, que era o cabeça de chave número um do qualifying, não conseguiu nenhum break point durante a partida e foi facilmente superado pelo rival, que pareceu bem mais concentrado e sólido nos games. Vale lembrar também que em 2018, Thiago Wild foi semifinalista do torneio juvenil de Roland Garros.

Agora, Wild embarca para Itália onde disputará o Challenger de Biella na semana que vem, onde deverá ser um dos principais favoritos.

Outros dois brasileiros inscritos no quali estreiam na terça-feira (22). O #189 João Menezes, campeão dos Jogos Pan-Americanos de 2019, desafia o egípcio #140 Mohamed Safwat, que venceu os Jogos Africanos também em 2019. Ambos têm vaga garantida nos Jogos Olímpico de Tóquio, desde que permaneçam no Top 300. Pela chave feminina, #232 Gabriela Cé enfrenta a búlgara #212 Elitsa Kostova

Brasileiros tem ótimo dia no Challenger de Forli, na Itália

O dia foi ótimo para os brasileiros no Challenger 100 de Forli, na Itália. #88 Thiago Monteiro, despachou o japonês #94 Yuichi Sugita. O número um do país espera pelo vencedor do duelo italiano entre #277 Riccardo Bonadio e o #345 Giulio Zeppieri.


Depois de muito tempo, o #296 Thomaz Bellucci reencontrou o caminho das vitórias ao vencer o francês #214 Elliot Benchetrit por 6/4 e 6/2. O ex-número 1 do país, desafia agora o experiente italiano #96 Andreas Seppi ou #349 Jules Okala, da França.

Quem também venceu foi o #273 Guilherme Clezar. Ele derrotou o alemão #272 Matthias Bachinger, com 7/6(8), 3/6 e 6/3 e agora, tem o argentino #104 Federico Coria como seu próximo rival.

Por fim, o #305 Pedro Sakamoto venceu uma verdadeira batalha e virou o duelo diante do favorito da torcida #298 Andrea Vavassori por parciais de 4/6, 7/6(5) e 6/3. O paulista agora enfrentará o norte-americano #319 Alexander Ritschard ou o #330 Dayne Kelly, da Austrália.

A segunda fase já rende aos tenistas brasileiros oito pontos no ranking de simples masculino da ATP.

VAVEL Logo