Giron surpreende Berrettini e conquista maior vitória da carreira em Paris
Marcos Giron venceu Matteo Berrettini no Masters 1000 de Paris (ATP/Divulgação)

Nesta terça-feira (3), o qualifier #91 Marcos Giron conseguiu a maior vitória da carreira diante do #10 Matteo Berrettini na segunda rodada do Masters 1000 de Paris. Em quase três horas de jogo em Paris (mais precisamente 2h52), Giron fechou a partida já na madrugada na França, aplicando 7/6(3), 6/7(0) e 7/5.

Saques predominantes

No primeiro set, apenas um break point. Logo no primeiro game, em momento de saque de Giron - e salvo pelo norte-americano. Também vale destacar alguns games da peleja, de alta pontuação. O primeiro, já citado, teve sete pontos - assim como o terceiro. O segundo, nove pontos;  o 11º, onze.

A peleja, naturalmente, foi para o tie-break. Berrettini abriu vantagem com 3-1, mas Giron marcou seis pontos em sequência e fechou o momento decisivo em 7-3 - e, consequentemente, o primeiro set.

O segundo set começou, basicamente, como o primeiro. Sem quebras e com games com altas pontuações. O primeiro teve sete pontos, enquanto o terceiro teve nove.

Quebras, enfim

O sétimo game do segundo set é importante para o restante da peleja. Em sete pontos, Giron quebrou o saque de Berrettini. No momento seguinte, o italiano retribuiu. Antes do tiebreak, o 11º e o 12º games marcaram sete pontos, mostrando competitividade. 

Nada que impedisse o segundo set de, novamente, ir para o tie-break. E, aqui, um show do italiano: incríveis 7-0.

Altíssimas pontuações aconteceram no terceiro set. Logo no primeiro game, sacado por Giron, treze pontos (e três break points). No seguinte, com Berrettini no saque, sete pontos. O sétimo game, novamente, teve treze pontos e três break points

Com 6/5 a favor de Giron, a peleja se encaminhava para o terceiro tie-break em três sets. O norte-americano, entretanto, venceu o momento e fechou a partida em 7/5.

O que vem por aí

Nas oitavas de final do Rolex Paris Masters, Marcos Giron enfrenta o vencedor do confronto entre #85 Pierre-Hugues Herbert e #17 Milos Raonic

VAVEL Logo