Mertens bate Kanepi na final do Gippsland Trophy e fatura sexto título da carreira
Foto: Divulgação/WTA

A belga #20 Elise Mertens não tomou conhecimento da estoniana #94 Kaia Kanepi e venceu a final do Gippsland Trophy neste domingo (7). A cabeça de chave sete fechou o jogo com 2 sets a 0, parciais de 6/4 e 6/1, em 1h10. O torneio é um dos WTA 500 preparatórios para o Australian Open, que começa na segunda-feira (8).

No primeiro set, Mertens começou bem e abriu 3/0, forçando bastante o seu primeiro serviço, onde conquistou 80% dos pontos tentados. Com um ritmo bastante acelerado e pressionando a adversária, Mertens não aproveitou logo a chance de vencer a parcial no nono game, foi quebrada, mas conseguiu recuperar-se no game seguinte e venceu por 6/4.

Se no primeiro set, a belga de 25 anos não havia tomado muitos sustos, na segunda parcial é que ampliou o domínio. Com um jogo quase sem erros, Mertens conseguiu neutralizar todas as ações de Kanepi, fez 5/0 e perdeu apenas um game, conseguindo a boa vitória por 6/1 e 2 sets a 0, tendo a boa marca de cinco aces e conquistando 100% dos pontos tentados em seu primeiro serviço.

A vitória garante para Elise Mertens 470 pontos no ranking, fazendo que suba até o 16º lugar, além do sexto troféu de simples da carreira, pondo fim ao jejum de 2 anos sem conquistas, desde Doha, em 2019. Em 2020, a belga bateu na trave por duas vezes nas finais que disputou: em Praga, quando perdeu para Simona Halep, e em Linz, quando perdeu para Aryna Sabalenka.

Já Kaia Kanepi, de 35 anos, perdeu a oportunidade de conquistar o quinto troféu da carreira. Mesmo assim, garante 305 pontos e pega o elevador no ranking da WTA, conquistando 29 posições ao fim desta semana.

As duas jogadoras estreiam no Australian Open nesta segunda-feira (8), às 21h30, horário de Brasília. Mertens encara a canadense #89 Leylah Fernandez, enquanto Kanepi enfrenta a letã #54 Anastasija Sevastova. As duas jogadoras ainda estão em busca do primeiro título de simples em um Slam.

VAVEL Logo