Praia vence Club Olympic e decidirá Sul-americano de Vôlei
Foto: Orlando Bento/ MTC

Praia vence Club Olympic e decidirá Sul-americano de Vôlei

Jogando com as reservas, Praia vence por 3 a 0 e enfrentará o rival Minas na busca pelo título

thais-alcantara
Thaís Alcântara

O Praia Clube voltou a entrar em quadra pelo Sul-americano Feminino de Vôlei, disputado na  Arena MTC, em Belo Horizonte. Em mais uma partida tranquila, as mineiras venceram o Club Olympic por 3 a 0 (25/13, 25/5 e 25/X) e agora se preparam para o maior desafio: a decisão contra o rival Minas. 

Já pensando no jogo que definirá o campeão continental, o técnico Paulo Coco decidiu poupar todas as titulares. Apesar disso, as brasileiras não tiveram dificuldades para dominar a equipe adversária. 

O Club Olympic se despediu do torneio com quatro derrotas por 3 a 0 e terminou na lanterna da competição, sem ter conseguido pontuar. 

O Praia volta a jogar neste sábado (23), contra o Minas, às 13h30. Na terceira decisão de título entre as duas equipes nesta temporada, o time do interior mineiro tentará o primeiro troféu contra as rivais, que venceram o Campeonato Mineiro e Copa Brasil. 

Como foi o jogo

As duas equipes iniciaram o confronto trocando pontos: 7 a 7. Só que aos poucos o Praia foi assumindo o controle do jogo e abriu vantagem quando Guzman atacou pra fora (12/8). As brasileiras seguiam colocando bolas no chão e o fim da parcial se aproximou quando Michelle acertou o ataque pela pipe: 21 a 12. No erro da equipe boliviana, as mineiras garantiram o primeiro set: 25 a 13

A segunda etapa começou com domínio absoluto do time de Uberlândia: 6 a 1. Rosamaria soltou o braço e colocou sua equipe com o dobro de pontos das bolivianas (12/6). Sem passar sufoco, o Praia fechou o segundo set no ataque de Ednéia: 25 a 5.

Tranquilo no jogo, o Praia logo abriu no marcador: 6 a 2. O Olympic aumentou seu volume de jogo e diminuiu a desvantagem: 7 a 6. A tentativa de reação boliviana ficou por aí e as mineiras voltaram a disparar no placar com bloqueio de Gabriela: 16 a 9. Em outro ponto da central, as brasileiras definiram o confronto: 25 a 17.

VAVEL Logo