Após título no Sul-Americano, Cruzeiro derrota Sesc-RJ pela Superliga
Cruzeiro venceu Sesc-RJ por 3 sets a 1 (Foto: Luciano Belford/Divulgação)

Após título no Sul-Americano, Cruzeiro derrota Sesc-RJ pela Superliga

Raposa venceu equipe carioca de virada, por 3 sets a 1, fora de casa

juliana
Juliana Cristina

Sesc-RJ recebeu o Sada Cruzeiro neste sábado (9), na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro, pela 10° rodada do returno da Superliga Masculina 2018/19. Os mineiros venceram por 3 sets a 1, com parciais de 25/21, 23/25, 14/25 e 19/25. O oposto Luan recebeu o troféu VivaVôlei.

Os visitantes fizeram sua primeira partida após a conquista do Sul-Americano. Devido à competição, o duelo contra o Taubaté, pela nona rodada, havia sido adiado. O jogo será nesta quarta-feira (13), às 20h, no ginásio do Riacho, em Minas Gerais.

Já os cariocas têm apenas o Vôlei Ribeirão pela frente para terminar a fase classificatória. A partida será no próximo sábado (16), às 19h30, no ginásio Cava do Bosque, em São Paulo.

Resumo da partida

O Sesc-RJ começou melhor: 5/2, em uma bola fora de Sander. A equipe carioca estava jogando em alto nível: 15/12. Após um bom saque de Le Roux, Maurício Souza pontuou: 21/18.

Na sequência, no contra-ataque, Wallace aumentou a vantagem carioca: 22/18. Em um ponto do oposto, os mandantes ganharam o primeiro set por 25 a 21.

Os comandados de Giovane Gávio começaram bem a segunda etapa: 7/5. Djalma atacou e fez 12/9. Mas o Cruzeiro reagiu: 16/16, após Wallace ser parado pelo bloqueio. Após uma bela jogada de Sander, o time mineiro abriu dois: 20/18.

Porém, o Sesc-RJ empatou, no ace de Wallace: 20/20. Com placar apertado, os visitantes acabaram vencendo a parcial pela diferença mínima: 25 a 23, após um bloqueio em cima de PV.

No terceiro set, foi o Cruzeiro quem começou melhor: 8/6, em um ponto de Sander. Os visitantes jogavam soltos: 14/6. A diferença chegou a 11: 22/11, após Rammé ser bloqueado. Por fim, a Raposa venceu a etapa por 25 a 14, na parcial mais desequilibrada do jogo.

O quarto set teve bom início da equipe mineira: 4/2. No ace de Tiago Barth, o marcador estava empatado: 4/4. Na passagem de Sander pelo saque, o Cruzeiro começou a distanciar no placar: 15/10. Luan pontuou e fez 22/14. Com Isac, a Raposa ganhou por 25 a 19 e fechou a partida em 3 sets a 1, de virada.

VAVEL Logo