Em duelo acirrado, Hinode Barueri derrota Osasco/Audax pelo primeiro jogo das quartas
Foto: Divulgação/CBV

Em duelo acirrado, Hinode Barueri derrota Osasco/Audax pelo primeiro jogo das quartas

Skorownska ajudou a comandar a vitória das donas da casa, que ainda contaram com o milésimo ponto de Thaísa na Superliga 

izabellefranca
Izabelle França

Em uma partida emocionante, o Hinode Barueri venceu o Osasco-Audax por 3 sets a 2 (2/25, 25/23, 25/23, 19/25 e 16/14), na noite desta terça-feira (19), no ginásio José Corrêa e largou na frente no playoff melhor de três das quartas de final da Superliga feminina.

A comemoração não parou por ai. A central Thaísa marcou seu milésimo na principal competição do país. Skorownska  foi a maior pontuadora da partida, com 26 pontos. Já a ponteira Tainara foi conquistou o Troféu VivaVôlei.

O segundo confronto será na próxima sexta-feira (22), às 19h, no José Liberatti. Para conquistar a inédita classificação para às semis, as barueriense precisam apenas de mais um triunfo.

Como foi?

O duelo iniciou com os marcadores se alternando. Thaísa explorou  o bloqueio e abriu dois pontos de vantagem (3/5). Em bela diagonal, Elina fez 14/9. As comandadas de Luizomar apostaram no saque. Em boa passagem de Claudinha pelo saque, o Osasco empatou: 14/14. e na eficiência do bloqueio. A peruana Angela Leyva atacou no fundo e encerrou em 22/25.

Durante o segundo set, houve uma preocupação: começou a chover forte e apareceu algumas goteiras dentro do ginásio. Contudo, o espetáculo continuou. Em bom levantamento, Claudinha acionou Nati Martins, que mandou pelo meio: 2/5. Skowronska virou para o Barueri, que diminuiu para 11/13. Logo em seguida, a oposta encheu a mão e colocou as mandantes à frente (15/14). Mas a felicidade durou pouco. Amanda falhou na recepção e as rivais tomaram a dianteira. Na reta final, Thaísa passou pelo bloqueio duplo e fechou: 23/25.

A terceira parcial foi marcada para as baruerienses. A bicampeã olímpica Thaísa parou o ataque e marcou seu milésimo ponto na Superliga. Natinha salvou uma bola que tava perdida, Amanda passou para o outro lado, e Daniel Lins fechou a porta ( 23/22). No set point, as visitantes encostaram na rede e deram o ponto de graça: 25/23.

A quarta etapa começou equilibrada. Com pontos de Walewska e Angela Leyva, as osasquense abriram dois pontos (6/4). Skowronska colocou no chão e diminuiu para 8/10. Claudinha trabalhou com Hooker, que manteve as visitantes na vantagem: 13/16. A americana voou na linha de três e fez 19/25.

O tie-break foi disputadíssimo. Mari Paraíba tentou buscar a paralela, mas mandou para fora: 1/3.  A ponteira fechou a porta para Skowronska (4/3). Após das mandantes, o Osasco empatou em 11/11. Com ace de Walewska, o time visitante ficou com o match poin. No contra-ataque, Amanda colocou o Barueri no jogo. Com ace de Dani Lins e ataque no fundo da quadra de Skowronska , as comandadas de Zé Roberto colocaram um ponto final na partida: 16/14.

VAVEL Logo