Diante do Fluminense, Lara Nobre não entra em quadra novamente
Foto: divulgação / Instagram

Nesta sexta-feira (24), a equipe feminina do SESC-RJ visitou o Fluminense e venceu por 3 sets a 0 (25-22, 25-20 e 25-14) em partida válida pela Superliga no Ginásio Hebráica. Com a vitória, a equipe visitante continua na liderança com 35 pontos e ainda segue ameaçado pelo Praia Clube-MG.

Durante as coberturas dos jogos do SESC-RJ na Superliga feitas pela nossa equipe de reportagem, reparamos que algumas jogadoras do elenco não vem sendo utilizadas devido ao grande momento vivido pelas jogadoras titulares. Lara Nobre, que não vem sendo aproveitada nos jogos, conversou com a VAVEL Brasil após a partida contra o Fluminense. Ela amenizou a situação e disse que o Bernardinho sabe o que é melhor para o time.

“Ressentimento eu não tenho. Quem escolhe é ele (Bernardinho). Quem analisa as melhores jogadoras para participar é ele. Eu admiro muito ele como técnico e como pessoa. Eu acredito que ele está fazendo o que é melhor. Não tenho ressentimento algum. É só treinar para conquistar a vaga", disse.

Ao longo da partida muitos torcedores tricolores gritaram o nome de Lara por diversas vezes. A central jogou por três temporadas no clube das Laranjeiras, era uma das principais jogadoras e nesta temporada foi para o SESC-RJ. Vale lembrar que os torcedores presentes no ginásio puderam matar a saudade de um ídolo do time de futebol. Diego Cavalieri, ex-Fluminense e namorado de Nobre, estava na arquibancada e foi tietado pelos fãs.

“Eu fiquei três anos aqui (Fluminense). Com certeza, a torcida do Fluminense tem muito mais carinho por mim. Ainda mais quando eu jogava. Mas, eu já ouvi a torcida do SESC gritando algumas vezes o meu nome. Não tenho problema algum com a situação de ser titular, reserva ou nada. São situações que acontecem. São escolhas da vida (risos)”, comentou.

O próximo duelo do SESC-RJ será contra o São Paulo, na próxima terça-feira (28), no Tijuca Tênis Clube e será válido pela Superliga.

VAVEL Logo