Taubaté vence Corinthians no tie-break e conquista o Paulista de Vôlei pela quarta vez seguida

Com contornos de drama e emoção, equipe do Vale do Paraíba volta a derrotar o Timão e fatura o tetracampeonato estadual

Taubaté vence Corinthians no tie-break e conquista o Paulista de Vôlei pela quarta vez seguida
Foto:Rafinha Oliveira / Taubaté Funvic
Corinthians
2 3
Taubaté
Corinthians : RODRIGO, RIAD, MINEIRO, FÁBIO, LUIZINHO, RIVALDO E SERGINHO (L). TÉCNICO: ALEXANDRE STANZIONI.
Taubaté : RAPHA, SOLÉ, LUCARELLI, DANTE, OTÁVIO, WALLACE E THALES (L). TÉCNICO: DANIEL CASTELLANI.
Placar: 1-0, 25/21 || 1-1, 19/25 || 2-1, 25/21 || 2-2, 24/26 || 2-3, 12/15.
INCIDENCIAS: JOGO VÁLIDO PELA DECISÃO DO CAMPEONATO MASCULINO DE VÔLEI, DISPUTADO NO GINÁSIO PONTE GRANDE, EM GUARULHOS.

Emocionante! Assim podemos definir a decisão do Campeonato Paulista Masculino de Vôlei. Na noite deste sábado (7), o Taubaté conseguiu uma incrível virada sobre o Corinthians no Ginásio Ponte Grande, em Guarulhos, venceu o jogo no tie-break e conquistou o tetracampeonato da competição. A vitória aconteceu por 3 sets a 2, em parciais de  21/25, 25/19, 21/25, 26/24 e 15/12.

Só a vitória interessava ao Corinthians. Com a derrota no jogo de ida, o Timão precisava vencer o jogo no tempo regulamentar para forçar o set de ouro (desempate). A equipe de Guarulhos chegou a estar vencendo o jogo por duas vezes, mas cedeu o empate e acabou sofrendo a virada no tie-break.

O próximo compromisso do Taubaté é pela Supercopa de Vôlei. Na quarta-feira (11), o tetracampeão paulista enfrenta o Sada Cruzeiro, no Centro de Formação Olímpica (CFO), em Fortaleza (CE), às 19h (de Brasília). Já no sábado (14), os taubateanos estreiam na Superliga Masculina de Vôlei 2017/2018, diante do SESC-RJ, fora de casa.

O Corinthians, por sua vez, volta à quadra no próximo sábado (14), para enfrentar o Sada Cruzeiro, pela estreia da Superliga Masculina. A partida será disputada no Ginásio Parque São Jorge, em São Paulo (SP), às 20h.

Resumo da partida

Jogando em casa, o Corinthians teve o apoio de sua torcida e iniciou a partida com muita pressão para cima do adversário. Mas a afobação inicial resultou em erros que foram bem aproveitados pelo experiente time do Taubaté. No entanto, com um ponto de bloqueio de Mineiro, os donos da casa ganharam confiança e assumiram a ponta do marcador, que foi mantida até o final: 25 a 21.

Ainda mais confiante pela vitória no período anterior, o Corinthians não tomou conhecimento dos taubateanos nos minutos iniciais do segundo set. Com extrema facilidade, o Alvinegro chegou a fazer 6 a 1 no marcador, obrigado ao técnico argentino Daniel Catellani a pedir tempo.

Após a parada, o Taubaté voltou mais concentrado e o Corinthians começou a errar em demasia. O time do Vale do Paraíba cresceu na partida, empatou no 13º ponto e virou no 17º, com um bloqueio de Solé. Sem esboçar reação, o Corinthians viu o Taubaté fechar a parcial: 25 a 19.

(Foto:Rafinha Oliveira / Taubaté Funvic)
(Foto:Rafinha Oliveira / Taubaté Funvic)

No terceiro quem largou melhor foram os visitantes, fazendo 6 a 2. No entanto, o Corinthians buscou a recuperação. Tendo o bloqueio como ponto forte, o Timão virou a partida e controlou o jogo até o final, conquistando o período e ficando a um set da vitória no tempo no normal: 25 a 21.

Decisivo para o Corinthians, o quarto set foi disputado ponto a ponto. Neste período as equipes começaram a apresentar sinais de desgaste e cometeram muitos erros de saque. A maior diferença aberta foi quando o Taubaté marcou o 18º ponto, abrindo dois de vantagem.

No entanto, o Corinthians não tardou para igualar, com Mineiro bloqueando Wallace. Após mais um erro de saque do Timão, desta vez com Alan Patrick, o Taubaté teve a chance de fechar a parcial, e assim o fez, com uma pancada de Wallace: 26 a 24.

(Foto:Rafinha Oliveira / Taubaté Funvic)
(Foto:Rafinha Oliveira / Taubaté Funvic)

Com o jogo no tie-break, o Taubaté teve a chance de vencer de forma direta. Comandados por Wallace, os taubateanos imprimiram um ritmo muito forte, e logo abriram vantagem 10/6. O Corinthians buscou a reação, mas não foi o suficiente para impedir quarta conquista do Taubaté. O ponto de Solé deu a vitória e o título ao time do Vale do Paraíba: 15 a 12