Com dois gols de Messi, Barcelona vence Real Sociedad no Camp Nou

Bastaram 45 minutos de bom nível para o Barcelona vencer a Real Sociedad por 3 a 2, neste sábado (15), no Camp Nou, pela 32ª rodada do Campeonato Espanhol. Os gols foram marcados por Lionel Messi, duas vezes, e Paco Alcácer, para os culés, e por Umtiti - contra - e Xabi Prieto a favor dos visitantes.

Com o resultado, a equipe dirigida por Luis Enrique chega a 72 pontos e fica na vice-liderança, três pontos atrás do Real Madrid, que tem um jogo a menos. Ainda na briga por uma vaga na Europa League, os bascos estacionam nos 52 pontos, ocupando a 7ª colocação. Na próxima rodada (33ª), o Barça vai ao Santiago Bernabéu encarar o Real Madrid no domingo (23), às 15h45, para tentar se manter vivo na luta pelo título. Antes, na quarta (19), os blaugranas decidem a vida na Champions League, precisando reverter o 3 a 0 sofrido para a Juventus. O próximo compromisso da Sociedad é também no domingo, contra o Deportivo, em casa.

O destaque do jogo foi o movimentado primeiro tempo, no qual saíram os cinco gols. Com mais um doblete anotado, Lionel Messi chegou aos 29 gols na atual edição da Liga e se isola ainda mais na artilharia. O camisa 10 também deu uma assistência na partida de hoje, para o tento de Paco Alcácer, e chegou a nove na competição.

Foto: Miguel Ruiz/FCB

Messi toma conta de um primeiro tempo cheio de gols

Na escalação, Luis Enrique fez o Barça voltar ao 4-3-3. Dos considerados titulares, apenas Neymar - suspenso - e Iniesta, que começou no banco, não estavam entre os 11. Enquanto isso, a Real Sociedad de Eusebio Sacristán esteve no seu 4-3-3 habitual, com somente o desfalque de Juanmi e tendo a presença do brasileiro Willian José no comando do ataque.

Com a bola rolando, um jogo absolutamente intenso, sem muitas pausas e sem muito controle dos dois lados. Os primeiros minutos foram de domínio de posse dos visitantes, ousados como de costume. Logo aos dois minutos, Willian José recebeu cruzamento na área e fez belo pivô para o lateral-esquerdo Yuri, que bateu forte e só não abriu o placar porque Piqué se atirou na frente. Em seguida, aos quatro, Jordi Alba foi acionado por Messi e mandou rasteiro para Suárez, mas o uruguaio escorregou.

Uma das boas revelações da equipe basca na atual temporada, Yuri Berchiche apareceu novamente aos nove, quando finalizou alto, levando perigo a Ter Stegen. No minuto seguinte, Messi achou Paco Alcácer na área e Rulli saiu para abafar. Extremamente intenso, o duelo teve outra chance claríssima na transição da Sociedad após o ataque blaugrana. Dentro da pequena área, Oyarzabal desviou depois de passe de Yuri e parou no goleiro alemão.

Foto: Miguel Ruiz/FCB

Tudo parecia estranho no Camp Nou, até que aos 16 minutos o gênio apareceu para começar a decidir o resultado. Após boa jogada de Alcácer, Suárez atraiu a marcação, saiu da área e rolou para Messi. Com liberdade na intermediária, o camisa 10 arrematou com muita força, pelo chão, no cantinho, sem chance alguma para Rulli: 1 a 0. Aos 19, a dupla esteve assustando os bascos novamente: Suárez tocou rasteiro na área e Messi não conseguiu o desvio, que seria fatal.

Na metade do primeiro tempo, os ânimos se acalmaram levemente. Neste cenário, apenas uma finalização de Yuri, defendida por Stegen, e um erro de Alcácer na finalização mereceram destaque. Aos 36, Alcácer, de bela atuação, tocou de calcanhar para Suárez. O centroavante ia sendo desarmado, mas lutou, desarmou Navas e chutou. Rulli defendeu e a bola sobrou para o artilheiro do campeonato. Ao tentar dominar, Messi levou sorte e viu a redonda morrer no fundo da rede: 2 a 0.

Nos últimos cinco minutos, muita troca de golpes e muitos golpes. Aos 41, depois de confusão na área do Barcelona, Iñigo Martínez passou fácil por Sergi Roberto e chutou cruzado. A bola bateu em Umtiti e entrou: 2 a 1. Na sequência, aos 43, André Gomes desarmou, Messi ficou com a bola e deixou Alcácer na cara do gol. O ex-jogador do Valencia mandou cruzado na saída de Rulli e ampliou: 3 a 1. Quando o intervalo se avizinhava, Xabi Prieto apareceu absolutamente livre em espaço deixado por Umtiti e desviou para descontar outra vez: 3 a 2.

Foto: Miguel Ruiz/FCB

Oposto do primeiro tempo: poucas chances, Barça mal e vitória assegurada apesar da pressão

Na etapa final, tudo diferente do que foi visto no primeiro tempo. Parecendo se poupar, o Barcelona pouco controlou e cedeu campo aos visitantes. Apesar disso, Messi quase completou um hat-trick aos quatro minutos, quando bateu falta defendida por Rulli. Dos 15 aos 30, o domínio foi total dos bascos. Em boas oportunidades, Willian José, Canales e Yuri não conseguiram a conclusão. Aos 24, Yuri mandou na área, o atacante brasileiro se esticou e por pouco não marcou.

Um chute de longe de Illarramendi que quase surpreendeu Ter Stegen e uma cabeçada de Martínez foram os últimos suspiros de perigo da Sociedad. Nos minutos finais, o Barça cresceu, saiu da pressão e ameaçou em chutes de Rakitic e Suárez, defendidos por Rulli. Assim se definiu o triunfo que mantém o Barça vivo na disputa por mais um título nacional: com dois tempos extremamente distintos, mas um Lionel Messi brilhante como sempre.

Foto: Miguel Ruiz/FCB

VAVEL Logo