Balotelli marca e Itália vence Arábia Saudita na estreia do técnico Roberto Mancini

Atacante do Nice tem boa participação na partida e consegue fazer um gol e ajudar Azzurra a conquistar a vitória por 2 a 1 em amistoso na Suíça

Balotelli marca e Itália vence Arábia Saudita na estreia do técnico Roberto Mancini
Foto: Pier Marco Tacca/Getty Images
Italia
2 1
Arábia Saudita

Itália e Arábia Saudita fizeram um amistoso nessa segunda-feira (28) no estádio AFG Arena, em Gallen na Suíca. O jogo terminou com vitória italiana por 2 a 1, gols marcados por Mario Balotelli, Andrea Belotti e Yahya Al Shehri. A partida marcou a estreia do técnico Roberto Mancini no comando da Azzurra.

Os italianos não se classificaram para o Copa do Mundo da Rússia e se prepara para a disputa da Nations League, em setembro. Antes disso, disputa mais dois amistoso contra a França, em Nice e contra a Holanda, em Turim.

Já a Arábia Saudita está no grupo A juntamente com Rússia, Uruguai e Egito. Fará sua estreia no mundial contra os anfitriões, dia 14/6.

A primeira etapa foi marcada pela postura ofensiva da Itália que logo tomou a iniciativa ofensiva do duelo e pôs pressão na Arábia Saudita que não conseguia sair de seu campo defensivo.

Logo apareceu a primeira chance italiana com Balotelli que aproveitou ótimo cruzamento de Bonucci e cabeceou, mas a bola passou ao lado do gol. Os italianos seguiam com um futebol muito intenso e com boa troca de passes, buscando os espaços na defesa árabe.

Depois, Politano recebeu belo passe de Balotelli, driblou o goleiro e chutou, mas a bola foi fraca, dando tempo de a defesa afastar. Alguns minutos mais tarde, Balotelli recebeu passe próximo à entrada da área, ganhou no físico de um defensor e bateu forte no cantinho para abrir o marcador e marcar um belo gol no seu retorno.

A Itália abaixou um pouco o seu ímpeto e os árabes conseguiram ficar mais com a bola, mas mesmo nas poucas vezes que atacaram, não ofereceram nenhum perigo para a retaguarda italiana.

No segundo tempo, o panorama mudou ligeiramente, com os árabes um pouco mais ativos ofensivamente e a Itália com uma postura mais defensiva que buscava os contra-ataques.

Quem chegou primeiro foi a Itália com Belotti, que entrou no lugar de Balotelli, recebeu lançamento perfeito de Jorginho, mas foi travado na hora do arremate. Mas alguns minutos depois, o centroavante do Torino aproveitou cobrança de escanteio, cabeceou para o gol, Al Owais defendeu, mas o camisa 11 concluiu o rebote para o fundo das redes.

Com isso, o jogo parecia tomar o rumo de uma possível goleada italiana e em outra chegada, Insigne viu o goleiro ligeiramente adiantado e chutou colocado, mas o arqueiro fez grande defesa.

Mas o que parecia uma partida tranquila, logo teve que mudar de idéia, Zappacosta perdeu a bola no meio de campo e deixou a defesa italiana completamente desguarnecida, a bola sobrou para Al Shehri que passou por Donnarumma e diminuiu para os árabes.

Esse gol deu ânimo aos jogadores da Arábia Saudita que se lançaram ao ataque e quase empataram em mais um erro bizonho da defesa italiana, dessa vez, Criscito cabeceou para trás e deu a bola nos pés de Al Muwallad que driblou Romagnoli e chutou, mas Donnarumma conseguiu realizar grande intervento com os pés.

O jogo seguia para o seu fim e a Itália não conseguia manter o controle como no início, muito pelo desgaste físico e também por conta das várias mudanças. A Arábia Saudita conseguiu entrar no jogo por causa dos vários erros defensivos do adversário, mas esbarrou na sua nítida falta de qualidade e assim terminou o amistoso na Suíça: 2 a 1 para a Itália na estreia do técnico Roberto Mancini.