Götze admite gosto amargo após empate do BVB: "Hoje não fomos tão eficientes" 
(Foto: Reprodução / Borussia Dortmund)

Götze admite gosto amargo após empate do BVB: "Hoje não fomos tão eficientes" 

Os aurinegros viram o panorama da partida mudar nos minutos finais com o empate do Hertha Berlin graças a uma penalidade

raisa-lima
Raisa Lima

O empate de 2 a 2 entre Borussia Dortmund e Hertha Berlin neste sábado (27), no Signal Iduna Park, pela nona rodada da Bundesliga 2018/2019, mostrou a displicência da equipe aurinegra de sair da partida com a vitória e os três pontos. Mesmo na liderança e com o time jogando bem, o empate deixou um gosto amargo tanto para os torcedores como para os jogadores.

Para Mario Götze, que atuou como falso nove e deu uma bela assistência para o primeiro gol, a equipe não mostrou a eficiência apresentada nessa temporada. “Parece uma derrota quando se olha para a jogabilidade. Foram dois pontos perdidos. Não aproveitamos as grandes oportunidades no segundo tempo. Como defendemos juntos e marcamos nas chances é uma grande vantagem. Nos momentos certos trazemos a velocidade. Hoje não fomos tão eficientes pela primeira vez. Então foi 2 a 2."

Graças ao gol de pênalti que trouxe o empate nos minutos finais da partida, Jadon Sancho, que abriu o placar da partida, demonstrou seu descontentamento: “Não valeu a pena, nós deveríamos ter vencido. Deveríamos ter aberto a tampa, isso nos incomoda. Estou muito desapontado, trabalhámos tão arduamente como equipe. Nós tivemos apenas azar desta vez. Da próxima vez, faremos melhor. Todo mundo trabalha para todos e o sucesso continuará se nos mantivermos".

O goleiro Roman Bürki admite a chateação do time após a partida, mas lembra que ainda há muitas rodadas pela frente: “É muito decepcionante, porque levamos ao último minuto, então recebemos uma penalidade burra. O ânimo diminuiu pouco depois do jogo, mas não podemos esquecer que não perdemos hoje e não perdemos na Bundesliga depois de nove jogos. Estamos em um bom caminho. Jogamos contra um time que quer estar no topo. Com sorte, nós teríamos vencido o jogo. Temos que ver isso de forma positiva: esse ponto pode ser importante no final”.

Já o técnico Lucien Favre resumiu a angústia coletiva: “Estamos um pouco desapontados, mas temos que aceitar que isso é esporte, é futebol. Nós merecíamos ganhar este jogo”.

O Borussia Dortmund volta a campo na próxima quarta-feira (31) pela segunda rodada da DFB Pokal, a Copa da Alemanha, contra o Union Berlin, às 14h30 (horário de Brasília), no Signal Iduna Park. Pela Bundesliga, enfrenta o Wolfsburg no sábado (3/11), às 11h30, na Volkswagen Arena

VAVEL Logo