Borussia Dortmund perde pênalti e empata com Barcelona na estreia da Champions
No conjunto da obra, o BVB foi superior (Foto: Reprodução/BVB)

Borussia Dortmund perde pênalti e empata com Barcelona na estreia da Champions

Recuperando-se de lesão, Lionel Messi entrou no segundo tempo e pouco teve chances para movimentar o placa

leo_silva997
Leonardo José

Não faltou tensão no Signal Induna Park! Na estreia de ambos na Champions League 2019-20, o Borussia Dortmund bem que tentou muito no segundo tempo, mas ficou no empate sem gols diante do Barcelona pela primeira rodada do Grupo F. Messi começou entre os suplentes enquanto o BVB tinha o poderoso "quarteto mágico" em campo: Reus, Hazard, Sancho e Alcácer.

Do banco de reservas, Messi viu Ter Stegen, o melhor do jogo, pegar pênalti de Reus. E, já em campo, torceu pela pancada de Julian Brandt não entrar ao explodir no travessão. No final das contas, Nenhumas das 14 finalizações alemãs balançaram as redes, muito menos os seis chutes catalães.

66.099 pessoas estavam presente no Induna Park (Foto: Reprodução/BVB)
66.099 pessoas estavam presente no Induna Park (Foto: Reprodução/BVB)

Sem superioridade nítida

Equilíbrio. É essa a palavra que melhor define o primeiro tempo entre BVB e Barça. Marco Reus, Thorgan Hazard, Jadon Sancho e Paco Alcácer formavam o quarteto ofensivo aurinegro, e deram trabalho à defesa catalã. Mesmo com menor posse de bola (38%), foi o Dortmund quem mais ficou perto de fazer o gol.

Alcácer perdeu uma chance aos nove minutos em vacilo da zaga espanhola. Como resposta, Griezmann e Suárez chegaram à área alemã e, em tabela, também chegaram perto na melhor chance do Barça. Mas, a grande oportunidade da etapa inicial foi com Reus, que tabelou com Sancho e chutou na saída de Ter Stergen. Com a perna, o arqueiro fez a defesa.

Primeira grande chance do BVB, com Marco Reus (Foto: Reprodução/BVB)
Primeira grande chance do BVB, com Marco Reus (Foto: Reprodução/BVB)

O jogo ficou intenso entre as duas intermediárias e com ambas equipes prezando pelo toque de bola vertical, caçando o gol. Assim, o primeiro tempo acabou com apenas um chute a gol, acontecido em finalização alemã.

Pênalti, bola no travessão e Messi

Depois do descanso, o Barcelona chegou com Suárez logo no primeiro minuto, mas Bürki evitou o balançar das redes com o punho direito. Aí o Borussia conseguiu impor seu ritmo e acelerar o jogo. Tanto que aos 54' Sancho é calçado por Semedo na linha de fundo. Pênalti marcado. Reus bateu forte no canto esquerdo e Ter Stegen defendeu. No entanto, o goleiro alemão se adiantou, mas o VAR não acionou o árbitro para revisão e a bola seguiu.

Defesa de pênalti do Ter Stegen ((Foto: Reprodução/Uefa)
Defesa de pênalti do Ter Stegen ((Foto: Reprodução/Uefa)

Com o jogo rápido, Messi entrou aos 59', voltando de lesão. Melhor em campo, o BVB fez as mesmas cinco finalizações da etapa inicial em nos primeiros 25 minutos do segundo tempo. Barcelona um tão encurralado. E aos 73', Alcácer desperdiçou passe de Reus. Um minuto depois, Brandt, que entrou no lugar de Hazard, soltou a bomba de fora da área e o travessão treme até agora, enquanto você lê.

Messi pegou pouco na bola e teve dificuldades (Foto: Reprodução/BVB)
Messi pegou pouco na bola e teve dificuldades (Foto: Reprodução/BVB)

Tudo voltou ao equilíbrio com o retorno da lucidez ao time catalão. A blitz borussiana se foi, sem conseguir resultar em gols. Num longo período de idas e vindas entre as intermediárias, a outra grande chance do Barça foi perdida pelo craque argentino já no último minuto. Messi recebeu no bico da pequena área, limpou o primeiro marcador e chutou em cima de Hummels antes do apito que findou o confronto. 

Sequência do Grupo F...

O Borussia Dortmund visita o Slavia Praga, às 13h55 da quarta-feira (02). Às 16h do mesmo dia, o Barcelona recebe a Inter de Milão no Camp Nou. Vale lembrar que Slavia e Inter ficaram no 1 a 1 na Itália também pela primeira rodada.

VAVEL Logo
CHAT