Em jogo repleto de rivalidade, Manchester United e Chelsea decidem vaga à final da FA Cup
Foto: Divulgação/Premier League

Manchester United e Chelsea se enfrentam neste domingo (19) às 14h pelas semifinais da FA Cup. O grande e decisivo confronto acontece em Wembley. O Arsenal já está garantido na decisão após bater o Manchester City por 2 a 0. A VAVEL Brasil acompanha o jogo em tempo real.

Os Red Devils disputaram cinco partidas nesta edição, conquistando quatro vitórias e um empate. Foram 12 gols marcados e apenas um sofrido. Já os Blues entraram em campo quatro vezes, saindo com quatro vitórias.

A grandeza do jogo é justificada pelo peso das duas equipes na competição, sendo dois dos três times que mais vezes conquistaram a tradicional Copa da Inglaterra. O United, com 12 títulos, fica atrás apenas do Arsenal, com um a mais. Enquanto o Chelsea vem logo atrás, com oito troféus.

Pelas quartas de final, os Red Devils passaram pela equipe do Norwich pelo placar de 2 a 1. O gol classificatório veio apenas no fim da prorrogação, feito pelo capitão Harry Maguire. Já os Blues se classificaram para as semifinais vencendo a equipe do Leicester por 1 a 0. Gol de Barkley dentro do tempo regulamentar.

Red Devils têm retrospecto recente a seu favor

Ole Gunnar Solskjaer nunca perdeu para o Chelsea como comandante do Manchester United. Apesar da marca, ele acredita que isso se deve aos seus atletas.

"São os jogadores indo bem. Estivemos focados nesses jogos. É claro que temos tido margens, mas tudo depende dos jogadores. Quando eles vão lá e se apresentam, podem vencer qualquer um”.

Em relação à disputa na Premier League por uma vaga na Liga dos Campeões, o técnico prefere pensar em um objetivo de cada vez. Os Red Devils estão na quinta colocação, com a menos pontuação do Leicester, quarto, e um atrás do Chelsea, terceiro.

Você não pode escolher, basta jogar um jogo de cada vez. É claro que essa é uma ótima chance de chegar à final, estamos a um passo de distância, é em Wembley, então focamos apenas na FA Cup. E um troféu, é claro, é enorme para qualquer jogador conquistar e qualquer equipe para vencer, então esse é o nosso foco principal agora - chegar à final. Depois, veremos o West Ham e o Leicester (na Premier League)”.

Solskjaer avisou que ainda não poderá contar com Luke Shaw, afastado por lesão, mas acredita no retorno de Brandon Williams. Quanto ao time titular, ele ainda estuda os nomes de Sergio Romero, que vem atuando pela FA Cup, e de Lingard.

Provável escalação do Manchester United: Romero (De Gea); Wan-Bissaka, Bailly, Maguire, Williams (Fosu-Mensah); Pogba, Matic; Greenwood, Bruno Fernandes, Rashford; Martial.

Blues buscam quebrar sequência de derrotas no confronto

Quatro vezes campeão da Copa da Inglaterra pelo Chelsea como jogador, Frank Lampard tem agora a chance de vencer como técnico do time. Mas ele não deixa seu histórico vencedor falar mais alto neste momento.

"Meu foco absoluto é este ano e o que isso significa para nós e o que significa para este grupo de jogadores e o clube. Foi um ano difícil, em que às vezes as pessoas questionavam se iríamos avançar para determinados níveis. Agora estamos em um nível na Copa em que estamos jogando de forma fantástica e, se conseguíssemos superar, jogaríamos com outro time de uma forma muito boa, e esse é o fim de onde isso vai para mim em termos de querer ganhar: o que isso significa para este clube e o grupo”.

O comandante não está preocupado com os três confrontos anteriores contra a equipe do Manchester United, que resultaram em três derrotas considerando Premier League e Copa da Liga Inglesa.

Eles nos contra-atacaram no Old Trafford com grande efeito, bem parecido no Stamford Bridge, por isso não vou me apegar a esses detalhes, mas não vou me envolver nisso de que precisamos nos vingar. Nós os respeitamos como são: uma equipe muito boa, com individualidades muito boas e em muito boa forma”.

Lampard revelou que Kanté não estará disponível para a partida. Além do volante, outros nomes estão sendo monitorados para serem escalados ou não na decisão.

Provável escalação do Chelsea: Caballero; Azpilicueta, Rudiger, Zouma, Marcos Alonso; Kovacic, Jorginho, Mount; Willian, Abraham, Pulisic.

VAVEL Logo