Peter Bosz lamenta eliminação do Leverkusen na Europa League: "Muito decepcionante"
Foto: Divulgação / Bayer Leverkusen

Bayer Leverkusen foi derrotado pela Inter de Milão por 2 a 1 e foi eliminado nas quartas de final da Uefa Europa League nesta segunda-feira (10), na Merkur Spiel-Arena, na Alemanha. A equipe vermelha marcou com o jovem Kai Havertz, mas não o suficiente para garantir a classificação.

O técnico Peter Bosz lamentou o resultado negativo para o Bayer, mas não deixou de parabenizar o time italiano pela vitória. Ele também pontuou momentos cruciais da partida.

"Perdemos para um bom adversário. Não fomos bons nos primeiros 20 minutos. Depois entramos no jogo melhor, no segundo tempo acreditei que havia alguma coisa, mesmo que não tivéssemos as melhores chances. Esse foi o último jogo para nós nesta temporada. Quando você fica de mãos vazias, é muito decepcionante".

Lars Bender, defensor, também mostrou-se decepcionado com a derrota, mas garantiu a importância de recuperar-se para a próxima temporada.

"É uma pena que não tenhamos conseguido dar o último pequeno passo: na Bundesliga, na Taça e na Liga Europa podíamos fazer mais até ao fim. Hoje não podemos culpar ninguém - demos tudo. Não conseguimos nos recompensar nesta temporada. Acabar com quase nada é pouco consolo. É importante se levantar após a derrota e dar o passo certo. Esse deve ser o nosso objetivo".

Para o goleiro Lukas Hradecky , muito do que foi mostrado em campo ainda precisa ser ajustado.

"É uma pena. O rápido empate de 2 a 0 dificultou a nossa vida. Tentamos de tudo, mas não tivemos a sorte de colocar a bola em campo. Temos que aprender com isso agora e atacar novamente na próxima temporada".

Este foi o último desafio da equipe alemã nesta temporada. Em setembro, a Bundesliga 2020-21 tem início e o Wolfsburg é o primeiro rival do Leverkusen. Como terminou o último Campeonato Alemão na quinta colocação, o Werkself volta à Europa League na próxima temporada.

VAVEL Logo