Juventus bate Dinamo de Kiev em dia histórico para Cristiano Ronaldo
Foto: Divulgação/Juventus FC

Instável no Campeonato Italiano, a Juventus voltou a campo na quarta-feira (2) para encarar o Dinamo de Kiev em Turim e cumpriu a lição de casa ao ganhar por 3 a 0, em duelo válido pela quinta rodada da fase de grupos da UEFA Champions League.

Cristiano Ronaldo e Morata balançaram as redes, mas quem brilhou mesmo foi Chiesa, autor do primeiro gol e com participação decisiva nos outros dois. Mykolenko também avançava muito ao ataque e o italiano aproveitou os espaços para construir a vitória dos italianos.

Como foi o jogo

Andrea Pirlo escalou a Juventus com três zagueiros, com Demiral, Bonucci e De Ligt atrás, dando mais liberdade ao lateral brasileiro Alex Sandro, que deu assistência para o primeiro gol e ajudou o atual campeão italiano a sair de campo sem ser vazado. McKennie também apareceu bem pelo meio.

A primeira chance do jogo foi de Chiesa, que se posicionou bem aberto pela direita. O chute desviou na defesa e saiu pela linha de fundo, mas na sequência ele balançou a rede. Aos 22, Morata saiu da área e tocou para Alex Sandro cruzar na cabeça do atacante italiano: 1 a 0.

Enquanto isso, o Dinamo de Kiev aparecia com Shaparenko pelo meio, Gerson Fernandes pela esquerda e Verbic mais adiantado. A melhor chance dos ucranianos na primeira etapa foi com Tsygankov, que recebeu de Verbic dentro da área e bateu forte, mas o goleiro Szczesny fechou o ângulo e evitou o empate com o pé direito.

Com mais posse de bola, a Juventus quase ampliou ainda no primeiro tempo, em outra jogada de Alex Sandro pela esquerda. Dessa vez ele serviu Cristiano Ronaldo, que encheu o pé direito e viu a bola explodir no travessão. O gol dele, no entanto, saiu aos 12 minutos da etapa final. Chiesa apareceu pela direita e chutou cruzado, a bola passou pelo goleiro e antes de entrar o português empurrou para a rede. 

Este foi o 750º da carreira de Cristiano Ronaldo, incluindo passagens por Sporting, Manchester United, Real Madrid, Juventus e seleção portuguesa. Na atual edição da Champions League ele marcou pela segunda vez - o artilheiro da Juventus no torneio é Morata.

A Juventus voltou melhor no segundo tempo e sacramentou a vitória com dois gols em nove minutos. A outra bola na rede foi do artilheiro Morata, que marcou o sexto dele na Champions em jogada individual dentro da área. O espanhol recebeu de Chiesa, limpou dois adversários e acertou o canto direito Bushchan.

Por outro lado, o Dinamo de Kiev só foi assustar Szczesny nos acréscimos, quando o placar já estava 3 a 0, em chute de Shaparenko de fora da área que o goleiro polonês espalmou para a linha de fundo. 

Classificação e próximos jogos

A vitória mantém a Juventus com chances de terminar a fase de grupos na liderança do grupo G. Para isso é preciso vencer e tirar o saldo de gols do Barcelona em pleno Camp Nou na sexta rodada, que acontece na terça-feira (8). O time catalão está com 100% de aproveitamento até agora.

Antes disso, no entanto, a Velha Senhora entra em campo pelo Campeonato Italiano. O duelo da 10ª rodada é o clássico diante do Torino, em casa, no sábado (5). No mesmo dia, o Dinamo de Kiev encara o Mariupol fora de casa pelo Campeonato Ucraniano.

Em relação à Champions League, o Dinamo de Kiev disputa na última rodada contra o Ferencváros uma vaga na UEFA Europa League. Quem ficar em terceiro no grupo avança no torneio. Até o momento, ucranianos e húngaros possuem campanha semelhante (um empate e quatro derrotas), mas a partida decisiva é em Kiev, um ingrediente a mais para o time de Mircea Lucescu.

VAVEL Logo