Três jogos dão sequência à primeira rodada da Euro; o que esperar?
Foto: Divulgação / Euro 2020

Depois do triunfo da Itália sobre a Turquia por 3 a 0 abrindo a Eurocopa no sábado (11), mais seis seleções entram em campo netse sábado (12) para dar sequência a competição europeia. Ainda pela primeira rodada, País de Gales encara a Suíça, Dinamarca mede forças com a vizinha Finlândia e Bélgica joga contra a Bélgica. Então, confira as principais informações pré-jogo de cada duelo.

10h País de Gales x Suíça (Grupo A - Baku)

O País de Gales enfrentou a Suíça pela última vez há quase dez anos, e venceu por 2 a 0 num jogo de qualificação para o Euro 2012 em Swansea. E quem marcou naquele dia? Gareth Bale e Aaron Ramsey. O primeiro é um titular garantido contra os suíços, mas existem pontos de interrogação sobre Ramsey, cuja condição física estava a ser monitorizada antes da partida de abertura do Grupo A. Será que a dupla de estrelas galesas pode novamente decidir neste sábado? Poderá o País de Gales estar prestes a embarcar noutra memorável campanha de Euro?

Estatística curiosa: os galeses podem ter saído no topo do último confronto, mas a Suíça venceu cinco dos sete jogos entre as equipes no total.

13h Dinamarca x Finlândia (Grupo B - Copenhage)

A Dinamarca está ansiosa pela sua primeira partida de Euro em solo nacional, com o capitão Simon Kjær a resumir o estado de espírito dos dinamarqueses: "Sentimos a pressão, mas de uma boa maneira". A Finlândia, entretanto, joga sua primeira grande partida em Copenghagen, e está feliz por ter de novo o capitão Tim Sparv e o atacante Teemu Pukki à disposição. "Sei que as expectativas são altas na Dinamarca, mas estamos prontos para lutar", disse Sparv.

Estatística curiosa: a Dinamarca está invicta em casa aos contra Finlândia nos seus últimos 21 jogos, um tabu que se estende desde1949 (18 vitórias e três empates).

16h Bélgica x Rússia (Grupo B - São Petersburgo)

As estrelas Eden Hazard, com pouca probabilidade de começar, e Kevin De Bruyne, ausente, a Bélgica chega desfalcada. A torcida de São Petersburgo vai apoiar fortemente sua seleção russa e com certeza agradece por não ter os principais jogadores do time adversário em campo na primeira rodada. Então, o técnico russo Stanislav Cherchesov espera uma partida emocionante: "Os nossos recentes jogos com a Bélgica têm sido assuntos abertos, um futebol espetacular que encanta os torcedores". 

Estatística curiosa: a Bélgica, a seleção europeia mais bem classificada do mundo, venceu duas vezes a Rússia na qualificação para a Euro 2020, ganhando por 3 a 1 em casa e 4 a 1 também em São Petersburgo.

VAVEL Logo