Após derrota, Ceni parabeniza Dudu pelo belo gol "Temos que valorizar, foi muito feliz"
Foto: Rubens Chiri/Divulgação/São Paulo

Na tarde deste sábado (11) aconteceu o Choque-Rei, clássico do futebol paulista entre Palmeiras e São Paulo. O resultado foi favorável para a equipe da casa que venceu o Tricolor Paulista pelo placar de 3 a 0, com gols de Dudu, Tchê Tchê e Guerra.

Após a partida, o técnico Rogério Ceni falou em entrevista coletiva, assim como Rodrigo Caio e Denis também falaram após derrota. Apesar da derrota, o zagueiro Rodrigo Caio se mostrou confiante para o futuro da equipe e destacou pontos positivos na equipe

O Palmeiras fez uma boa partida, marcou forte e conseguiu pressionar a nossa equipe. Não conseguimos ter profundidade, não conseguimos criar lá na frente, mas isso faz parte do passado. Conseguimos tocar a bola, chegar um pouco mais, mas infelizmente tomamos o segundo gol e acabamos baixando um pouco a intensidade e tomamos o terceiro. Não é uma derrota no clássico que vai tirar tudo que a gente fez. A gente vinha de vitórias e perder um clássico não é bom para nós, mas a confiança não pode abalar. Vamos trabalhar da mesma forma e com tranquilidade, que as coisas vão acontecer para a gente” analisou o zagueiro.

Denis que foi um dos nomes da partida por ter falhado em dois dos três gols. “A equipe não fez um grande jogo, mas acho que todos nós temos que assumir, eu assumo meu erro”, disse o goleiro.

Já para o técnico Rogério Ceni, o São Paulo finalizou menos que o adversário e esse pode ter sido um dos motivos da derrota, o comandante avaliou "Pela primeira vez finalizamos menos que o adversário. Tivemos mais posse de bola, fizemos menos faltas, mas finalizamos menos e isso é importante. O resultado mostra a qualidade do trabalho do Eduardo (Baptista), que foi superior a nós e venceu com méritos." finalizou o ex goleiro.

O primeiro gol da partida saiu dos pés de Dudu, bem parecido com o que Robinho fez em Rogério Ceni quando ainda atuava como goleiro. "Um erro nosso na saída de bola em um lance em que se não para no Buffarini, o primeiro tempo teria terminado 0 a 0. Se o árbitro tivesse autorizado a volta do Pratto, talvez a jogada teria sido diferente, mas foi uma pena que isso aconteceu faltando 30 segundos para o fim do primeiro tempo" e completou: “O gol do Dudu foi mais bonito, (que o de Robinho)” .

Ceni saiu em defesa de Denis, que recebeu duras críticas da torcida após o primeiro gol."O Denis não teve culpa nenhuma no gol. Temos que valorizar o Dudu, que foi muito feliz. O Denis tocou para o Douglas e deu a opção para voltar a bola. Então não vamos procurar culpados, mas sim dar os méritos ao Dudu" defendeu o comandante.

A respeito da ausência de Cueva na partida, Ceni opinou: "O Cueva não jogou porque tem um edema muscular e uma pequena contratura que poderia ter aumentado. Por isso não jogou. Gostaria que jogasse, mas não poderia arriscar perder um jogador tão importante por um longo tempo e era melhor preservá-lo para a fase aguda do Campeonato, que que acredito que estaremos classificados." comentou. “Pensei em colocar o Thiago, que tem energia, e no segundo tempo vou fazer o contrário, fazer pressão no Palmeiras com Luiz Araújo e Wellington Nem. Talvez faltou aqueles 30 segundos, que o Palmeiras fez o gol” terminou o ex goleiro.

Para finalizar a entrevista Rogério falou do futuro, já que a equipe enfrentará o ABC no jogo da volta em Natal. “Temos que procurar evoluir. As vitórias não me fizeram o melhor do mundo, da mesma forma que a derrota de hoje não me faz o pior. Vou dormir mal como sempre durmo, ganhando ou perdendo” finalizou.

VAVEL Logo