Tentando embalar no Brasileirão, Botafogo recebe Atlético-PR no Nilton Santos
(Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Tentando embalar no Brasileirão, Botafogo recebe Atlético-PR no Nilton Santos

Alvinegro visa se aproveitar da má fase do adversário fora de casa para vencer e subir na tabela

CaioCarvalho97
Caio Carvalho
BotafogoJefferson; Marcinho, Marcelo Benevenuto (Carli), Igor Rabello, Moisés; Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes, Leo Valência; Rodrigo Pimpão, Luiz Fernando, Kieza. Técnico: Alberto Valentim
Atlético-PRSantos; Wanderson, Zé Ivaldo, Pavez (Thiago Heleno); Marcinho, Rosseto (Lucho), Camacho, Carleto; Raphael Veiga, Guilherme (Nikão ou Bergson), Pablo. Técnico: Fernando Diniz
ÁRBITRORodrigo Batista Raposo (DF)

Botafogo e Atlético-PR se enfrentam nesta quarta, às 21h (de Brasília), no Nilton Santos, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, a última rodada a ser disputada antes da parada para a Copa do Mundo da Rússia. 

Vindo de um elétrico empate por 3 a 3 contra o Bahia, fora de casa, o Botafogo tenta fazer valer a boa campanha dentro de casa no campeonato para sair vencedor. O clube organizou promoções nos ingressos para que a torcida apoie o time na partida. O alvinegro é o 12° colocado com 14 pontos, quatro pontos do Palmeiras, que fecha o G6. Conquistando os três pontos, poderia subir até 5 posições e iria para o recesso da Copa com tranquilidade e de bem com sua torcida. 

O Atlético-PR vem de derrota dentro de casa para o São Paulo por 1 a 0. O Furacão tem apenas uma vitória nos últimos treze jogos, além disso, vem colecionando desempenhos fraquíssimos nos últimos jogos. A equipe marcou somente um gol fora de casa nesse Brasileirão, na derrota por 3 a 1 para o América-MG. Em 17° lugar, com 9 pontos, a primeira vitória longe de seus domínios poderia tirar o time da zona de rebaixamento e trazer dias mais calmos para o treinador Fernando Diniz

No histórico dos confrontos, o Atlético leva vantagem sobre o Botafogo. São 20 vitórias do rubro-negro do Paraná contra 14 do Glorioso e 6 empates. Pela Série A de 2017, o Furacão venceu os dois jogos, ambos por 1 a 0. 

Fator Nilton Santos 

O Botafogo vem de uma campanha irregular no Brasileirão. Porém, ainda não perdeu quando jogou em seu estádio. São duas vitórias e dois empates no Nilton Santos, resultados que pioram bruscamente quando o alvinegro joga longe de sua torcida. Apesar de o desempenho nos últimos dois jogos em casa não terem animado e conquistado a torcida, o time fez uma boa partida contra o Bahia e chega para o jogo contra o Atlético confiante na vitória e na reconciliação com a mesma. O clube colocou ingressos em promoção e a expectativa é que os botafoguenses apoiem a equipe nesta quarta. 

O técnico Alberto Valentim não poderá contar com o uruguaio Aguirre, expulso na última partida. Entretanto, o comandante tem a volta do zagueiro Yago - fora contra o tricolor baiano devido a pancada na cabeça contra o Ceará - e também pode ter a disposição o xerife Joel Carli e o volante Jean, que se recuperam de pancadas sofridas contra o Vozão e passam por teste final antes da partida. 

O único desfalque é o atacante Aguirre, que cumpre suspensão. 

Superação para reagir 

A campanha do Atlético-PR nesse início de Brasileirão não é nada animadora. O time que chegou para o campeonato com um status de futebol inovador, que valorizava a técnica e o jogo bem jogado, viu seu estilo de jogo ser neutralizado e foi perdendo força rodada após rodada. Com apenas nove pontos conquistados em doze jogos, o Furacão chega para o jogo pressionado e com o técnico Fernando Diniz com a corda no pescoço. Caso o time seja derrotado novamente, a demissão do comandante pode se tornar inevitável. 

O treinador ainda terá uma dor de cabeça antes da partida. Thiago Heleno e Lucho Gonzalez foram poupados do último treinamento e não tem presença garantida no jogo contra o Botafogo. Caso ambos não tenham condição de jogo, e probabilidade é que Pavez (ou Bruno Guimarães) e Matheus Rossetto entrem em seus lugares, respectivamente. Em contrapartida, Zé Ivaldo volta de suspensão e poderá ser titular. Apesar das duvidas em relação a Thiago e Lucho, a expectativa é de força máxima para o duelo. 

 

VAVEL Logo

    Botafogo de Futebol e Regatas Notícias

    há 11 dias
    há 12 dias
    há 13 dias
    há 15 dias
    há 19 dias
    há 19 dias
    há 21 dias
    há 21 dias
    há 21 dias
    há 22 dias
    há 22 dias