Com reservas, Grêmio bate Flamengo com direito a 'olé' e entra no G-4 do Brasileiro
Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Segue o tabu. Dentro de casa, o Grêmio bateu o Flamengo por 2 a 0 e manteve a marca de 24 anos sem perder para o rival em seus domínios. Na segunda partida da semana entre as equipes, Jael e Marinho decidiram para o Tricolor, que entrou no G-4 do Campeonato Brasileiro, provisoriamente. 

Na última quarta-feira (1), as equipes empataram por 1 a 1 em uma partida de alto nível técnico, pelas quartas de final da Copa do Brasil. Três dias depois, o mesmo embate não refletiu tantas características da partida passada, a começar pelas peças presentes em campo. O Grêmio foi de completo time reserva, enquanto o Flamengo poupou alguns dos titulares.

Com isso, não se foi vista a mesma intensidade, além de um futebol pouco vistoso. Por fim, o primeiro duelo também não contou com o protagonismo de Jael, principal nome do confronto pelo Brasileirão. No jogo, o atacante gremista foi do inferno ao céu. Aos 26 minutos, a superioridade tricolor resultou em penalidade máxima, cobrada e desperdiçada pelo camisa nove. 20 minutos depois, Jael aproveitou cruzamento perfeito de Leonardo e escorou para o fundo das redes. O jogador ainda decidiria no início do segundo tempo, após aproveitar zaga exposta e lançar para Marinho fazer o segundo gol da partida.

Marinho marcou pela primeira vez com camisa tricolor e ampliou placar diante do Fla. Foto:
Marinho marcou pela primeira vez com a camisa tricolor e ampliou placar diante do Fla. Foto: Lucas Uebel/Grêmio

De semelhante à primeira partida, apenas a superioridade rubro-negra na posse de bola, que não resultou na criação de chances dentro de campo. Após sair atrás novamente no placar, desta vez o Flamengo se fez irreconhecível na sequência da partida, especialmente após o segundo gol sofrido.

Reconhecendo o baixo desempenho da equipe, Mauricio Barbieri substituiu suas principais peças em campo e viu um tabu de 24 anos sem vitórias do Flamengo contra o Grêmio, fora de casa, se manter vivo. Além disso, viu sua estratégia de entrar em campo com titulares falhar por completo após perder Cuéllar e Renê para o próximo confronto, contra o Cruzeiro, por conta do terceiro cartão amarelo. Na parte final do confronto, os rubro-negros ainda tiveram de lidar com um sonoro "olé" nas arquibancadas da Arena do Grêmio.

Com o 2 a 0 no placar final, o Flamengo vê sua liderança no Campeonato Brasileiro ameaçada pelo São Paulo, que enfrenta o Vasco ainda nesta rodada, dentro de casa. Por outro lado, o Grêmio chega a quatro pontos de distância do primeiro lugar da competição, mesmo priorizando outras competições na temporada até então.

Agora, as equipes mudam seus focos à Copa Libertadores, em compromissos no decorrer da semana. Na volta ao Brasileirão, o Grêmio enfrenta o Vitória, novamente dentro de casa. Já o Flamengo enfrenta o Cruzeiro, mesmo adversário da competição internacional, também em seus domínios.

VAVEL Logo