Fluminense recebe Atlético-MG buscando reação no Brasileirão
Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG

Fluminense recebe Atlético-MG buscando reação no Brasileirão

Após derrota no Fla-Flu, Tricolor espera garantir os três pontos dentro de casa

francesco-chianelli
Francesco Chianelli
fluminenseJúlio César; Ibañez, Gum, Digão; Léo, Jadson, Sornoza, Richard, Ayrton Lucas; Everaldo e Luciano.
Atlético-MGVictor, Emerson, Gabriel, Maidana e Fábio Santos; Adilson, Elias, Luan, Cazares e Yimmi Chará; Ricardo Oliveira.
INCIDENCIASJogo válido pela 30ª rodada do Brasileirão Série A 2018

Depois de perder por 3 a 0 o clássico contra seu maior rival, o Fluminense recebe o Atlético Mineiro, no Estádio Nilton Santos, e espera uma vitória para entrar na briga por uma vaga na Libertadores de 2019. Por outro lado, o Galo necessita, no mínimo, um empate para manter-se no pelotão dos seis primeiros colocados.

O Tricolor das Laranjeiras vem com dois reforços para esse importante embate. O lateral Léo (cumpriu suspensão na útlima partida), e o meio-campista Sornoza (estava atuando na seleção do Equador) retornam ao time titular, e ajudarão a reforçar os cariocas.

Em entrevista coletiva concedida na última semana, o treinador Marcelo Oliveira comentou sobre a importância da volta do equatoriano: “É um jogador que confiamos, que é importante, principalmente para esse tipo de jogo em casa, em que precisamos atacar mais”.

O técnico também falou sobre a dimensão do confronto deste domingo, considerando uma vitória nele essencial se o clube possui maiores ambições nessa temporada.

“Vejo como uma decisão para os dois times, pois ambos tem objetivos diferentes nesse momento, mas é um jogo importantíssimo e fundamental para os dois. No Campeonato Brasileiro de pontos corridos, sempre falamos de jogos decisivos, mas agora é mais ainda porque tentamos atingir uma pontuação que nos deixe mais tranquilo na busca por objetivos maiores”, contou.

Uma coincidência interessante desse embate é o fato de Marcelo Oliveira ter treinado o Atlético Mineiro (Primeira passagem em 2008, segunda em 2016) e Levir Culpi ter treinado o Fluminense (2016). O treinador tricolor comentou sobre essa comentou sobre o reencontro dos dois.

“É uma satisfação reencontrá-lo e uma dificuldade também, porque realmente ele é muito competente. Trabalhamos juntos no Atlético-MG, primeiro na base e depois no profissional, é uma referência para mim, gosto muito dele como técnico e é um amigo pessoal, mas vamos lutar muito pela vitória do Fluminense ”, disse.

Provável escalação: Júlio César, Ibañez, Gum, Digão, Léo, Jadson, Richard, Ayrton, Sornoza, Everaldo e Luciano.

Foto: Mailson Santana/ FFC
Foto: Mailson Santana/ FFC

Do lado do Atlético Mineiro, Levir Culpi estreia no comando dos alvinegros pela quinta (5ª) vez. Ele é campeão da Copa do Brasil e Recopa Sul-Americana, tricampeão mineiro e terceiro treinador que mais dirigiu o Atlético na história (288 jogos e 154 vitórias). No Galo, Levir Culpi também foi campeão brasileiro da Série B, em 2006, vice-campeão brasileiro, em 2015, e semifinalista dos Brasileiros de 1994 e 2001.

Durante a última semana, o goleiro Victor comentou sobre o estilo ofensivo de jogo das duas equipes. Também emitiu sua opinião sobre o que julga necessário para obterem uma vitória.

“O Marcelo é um treinador que gosta de colocar o time no ataque e o Atlético também é um time que tem o ataque bastante forte. Então, o grande ponto é saber neutralizar o ataque do Fluminense, que é rápido e bastante perigoso, sem abrir mão da nossa característica de buscar o gol. É encontrar o equilíbrio defensivo para neutralizar o ataque deles e, quando tiver a bola, ser efetivo e buscar a vitória porque a gente sabe a importância de vencer esse próximo jogo”, contou.

O arqueiro também falou sobre a receita que o Galo deve seguir para retomar o caminho das vitórias e alcançar o objetivo de se classificar para a Libertadores do próximo ano.

“Temos que procurar evoluir, recuperar a confiança, a nossa sintonia, que a equipe deixou de ter um pouco nesse jogo, na hora de marcar, de dar o último passe, ser um pouco mais efetivo, seja na defesa ou no ataque, e trabalhar. Não podemos achar que está tudo errado, mas sabendo da necessidade de evolução para conquistar uma vaga na Libertadores, que é o nosso objetivo no momento. Então, é procurar buscar essa vaga, colocar o time na Libertadores do ano que vem, mas sabendo que, para isso, a gente precisa ter uma melhora nessas rodadas que faltam”, disse.

Foto: Bruno Cantini / Atlético
Foto: Bruno Cantini / Atlético

A partida também contará com a volta do zagueiro Gabriel, que substituirá Leonardo Silva (suspenso). O jovem zagueiro comentou sobre ocorrido: “É uma oportunidade muito boa poder iniciar novamente uma partida, com a suspensão do Léo. É uma missão muito difícil substituir o capitão, que é um grande jogador, mas estou preparado. Venho trabalhando muito à espera dessa oportunidade e espero fazer um grande jogo para a gente buscar os três pontos e dar sequência no campeonato”.

Provável escalação: Victor, Patric, Gabriel, Maidana, Fábio Santos, Adilson, Luan, Elias, Cazares, Tomás Andrade e Ricardo Oliveira.

VAVEL Logo