Palmeiras Decacampeão: Top 5 jogos marcantes 
Jogadores festejam o título. (Foto: Cesar Greco - Ag Palmeiras - Divulgação)

Palmeiras Decacampeão: Top 5 jogos marcantes 

As cinco partidas que melhor explicam o título brasileiro do Palmeiras

matheus-de-carvalho
Matheus Moraes

O Palmeiras conquistou seu Decacampeonato Brasileiro. Depois de início irregular sob o comando de Roger Machado, a equipe alviverde se reencontrou com a tutela de Felipão, atingiu uma invencibilidade de 22 jogos e sagrou-se campeã. Separamos cinco partidas que ajudam a explicar a campanha palmeirense:

Grêmio 0x2 Palmeiras - 10ª rodada 

Passadas as rodadas iniciais, o campeonato já começava a mostrar maior definição na tabela. O Palmeiras, ainda treinado por Roger Machado, entrava em campo como sétimo colocado e o Grêmio como vice-líder. Com a confiança em alta após vencer o rival São Paulo na rodada  anterior, o Palmeiras foi pra cima do Grêmio e, com dois gols de Willian no segundo tempo, venceu a partida na casa do adversário.

A importância do resultado não ocorre apenas por se tratar de um concorrente direto e esta ter sido fora de casa, mas por mostrar que o Palmeiras era um postulante real ao título, afinal, embora tivesse feito partidas ruins e obtido maus resultados em rodadas anteriores, o time mostrou-se capaz de apresentar futebol de alto nível. Os três pontos levaram a equipe à terceira posição, mas ainda seis atrás do Flamengo, então líder, que tinha 23.

Fluminense 1x0 Palmeiras - 15ª rodada

Sim, uma derrota. A última do time no campeonato. Passada a parada de um mês por conta da Copa do mundo, o time de Roger não demonstrava sinais de evolução e continuava irregular, apresentando um futebol de pouco brilho, ainda que na Libertadores os resultados aparecessem. O lateral Gilberto fez o único gol de um jogo morno no Maracanã.

Com o revés, o Palmeiras não viu apenas a distância para o líder, Flamengo, aumentar para oito pontos, mas esta também culminou na demissão de Roger Machado e, por consequência, na chegada de Felipão ao comando técnico na equipe. Contratado mesmo sob a desconfiança de parte da torcida, Scolari vinha com a missão de "arrumar a casa".

Palmeiras 1x0 Corinthians - 24ª rodada

Vivo na briga pelas três competições que disputava, Felipão, para driblar o extenso e exaustivo calendário, fez uso de uma estratégia até então nova no futebol brasileiro: a utilização de 'dois' times titulares, um nas copas e outro na liga. A escalação responsável por jogar o Brasileirão, tida como 'reserva' por boa parte da imprensa e da própria torcida, não se incomodava com a alcunha e respondia dentro de campo.

O gol da vitória foi marcado por Deyverson, completando cruzamento de Marcos Rocha. O atacante seja, talvez, o melhor retrato do sucesso do time alternativo palmeirense de Scolari. O camisa 16, que antes atravessava um mau momento e era alvo constante de críticas da torcida, reencontrou o caminho para o gol com Felipão e, embora esteja envolvido em polêmicas com certa frequência, contribuiu diretamente com pontos  decisivos do Alviverde da Barra Funda na campanha. Mais tarde, inclusive, Deyvershow ainda viria a marcar o gol do título palmeirense, diante do Vasco, na 37ª rodada O Palmeiras permanecia na terceira posição, três pontos atrás de Internacional e São Paulo.

São Paulo 0x2 Palmeiras - 28ª rodada

Recém chegado à ponta da tabela, mas empatado em pontos com o Internacional, o Palmeiras teria de vencer um tabu para defender a liderança: 16 anos sem ganhar o Choque-Rei no Morumbi. Com apenas um ponto separando os dois times, o jogo era um disputa direta. Gols de Gustavo GómezDeyverson no primeiro tempo decretaram o triunfo palmeirense sobre um desorganizado São Paulo e pôs fim ao incomodo tabu.

A vitória no clássico, pela forma como foi construída, imponente e apresentando bom futebol, é a representação da consolidação do Palmeiras na liderança do Brasileirão. A derrota do Internacional frente ao Sport, somada aos três pontos conquistados no Morumbi, fez com que a equipe de Felipão se tornasse líder isolada, onde permaneceu até o fim da competição. 

Palmeiras 4x0 América-MG - 36ª rodada

O jogo de Dudu. O Palmeiras já vivia contagem regressiva para festejar o título, mas a matemática da tabela ainda impedia o torcedor de esbravejar o grito de campeão . Contra o América, o time  foi abraçado, mais uma vez, pela eufórica torcida que lotou o Allianz Parque e buscou a vitória desde o minuto inicial. Luan, Willian, Dudu e Deyverson, todos no segundo tempo, marcaram os gols que definiram a maior vitória palmeirense no campeonato e colocaram a equipe a um passo da taça.

A simbologia desse jogo aparece por representar, da melhor forma, o quão importante foi Dudu para a Decacampeonato. O camisa 7 driblou, criou chances, finalizou, deu assistência para o gol de Willian e foi coroado com um golaço de fora da área. Com sete gols e 12 assistências durante a campanha, Dudu mostrou-se decisivo quando  o time precisou dele. O craque do campeonato.

O Palmeiras manteve cinco pontos de vantagem sobre o vice-líder, Flamengo, e na rodada seguinte confirmou a taça após vencer o Vasco da Gama e chegar aos 77 pontos. O Palestra é decacampeão.

 

MEDIA: 5VOTES: 1
VAVEL Logo