Com volta de Nenê, São Paulo recebe Palmeiras pela semifinal do Paulistão
(Foto: Rubens Chiri/São Paulo)

 

O Campeonato Paulista chega a sua fase semifinal com a lógica no papel, afinal os quatro principais clubes do Estado se classificaram. Na partida que abre as decisões, São Paulo e Palmeiras se enfrentam neste sábado (30), às 18h, no Estádio do Morumbi, brigando por uma vaga na final do Paulistão 2019.

Este é o segundo Choque-Rei do ano, que acontece apenas duas semanas após o primeiro duelo ocorrido no Estádio do Pacaembu, vencido pelo Alviverde por 1 a 0, gol de Carlos Eduardo, que não joga mais o campeonato.

Os dois times estão motivados para o clássico. O São Paulo venceu os dois compromissos contra o Ituano na fase anterior e deu uma injeção de ânimo no elenco. O Palmeiras aplicou uma goleada diante do Novorizontino e entra focado no primeiro embate entre as equipes na fase decisiva.

Outro atrativo do clássico é a estreia do novo uniforme do São Paulo, lançado na noite da última sexta-feira (29).

Preparação Tricolor

Após a vitória por 1 a 0 contra o Ituano, fora de casa, na última quarta-feira (27), o elenco Tricolor se reapresentou já na quinta-feira (28) no CT da Barra Funda, visando a preparação para a semifinal da competição. 

O zagueiro Robert Arboleda retornou aos treinos após defender a Seleção do Equador em dois amistosos contra Estados Unidos e Honduras.

A equipe titular na última partida fez exercícios regenerativos no REFFIS, fisiologia e também exercícios na piscina, a fim de iniciar a fase de recuperação.

Os reservas participaram de treino físico no campo, reforçado pelo meia Nenê, recuperado de um trama no joelho esquerdo. Gonzalo Carneiro também iniciou a transição para o gramado. O atacante apresentou uma tendinite no joelho direito e apenas correu em volta do campo.

Quem também estará no Morumbi, mas para assistir ao jogo, é o atacante Alexandre Pato, que concedeu a primeira entrevista coletiva em seu retorno na tarde de hoje (31). Frisou que gostaria de jogar, mas afirmou que estará no estádio para torcer pelos companheiros.

"Isso não vai depender de mim, se pudesse colocava a chuteira e ia para o jogo para amanhã. Acabei de almoçar com o pessoal... Ual, queria muito estar nesse jogo amanhã. Vou estar no estádio, torcendo da arquibancada para que o São Paulo tenha uma boa vitória."

Para a escalação da equipe titular restam poucas dúvidas. Com a volta de Arboleda, Vagner Mancini terá que decidir entre o equatoriano, Anderson Martins e Bruno Alves para a zaga. Na frente Everton Felipe pode perder a vaga para Everton.

Provável São Paulo: Tiago Volpi; Hudson, Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo; Luan, Liziero e Igor Gomes; Everton Felipe, Pablo e Antony.

Palmeiras terá mudanças

O Palmeiras entra nesta semifinal da melhor maneira possível: goleada sobre o Novorizontino, volta de selecionáveis como Weverton (Seleção Brasileira) e Gustavo Gómez (Seleção Paraguaia), mas com mudanças no time.

Durante entrevista coletiva nesta semana o meia Gustavo Scarpa falou sobre o duelo e também do tamanho desta rivalidade.

"É um adversário muito difícil, um grande clube. Passou por um momento difícil no Paulista, mas vem crescendo, pegando confiança e tem meninos que jogam muito bem. Tentaremos impor o nosso ritmo e ir atrás da vitória, mas sempre respeitando... Sou do interior (de São Paulo), é um clássico que eu acompanho desde criança. Quando você entra em campo para jogar um clássico desse, realmente é diferente. É uma honra participar de um clássico dessa importância. A gente respeita muito o adversário, é uma honra fazer parte do clássico e temos de jogar para vencer do começo ao fim."

O treino de quinta-feira (28) marcou a volta do goleiro Weverton e do zagueiro Gómez, ambos defendendo suas seleções. Weverton acabou não atuando contra Panamá e República Tcheca, já Gómez foi titular e capitão nos jogos contra Estados Unidos e Honduras. Os dois estão a disposição de Felipão.

Luiz Felipe Scolari  também não entregou os titulares. As dúvidas ficam por conta da zaga, já que a equipe volta a ter todos os zagueiros a disposição e com relação ao centroavante da equipe, posição mais contestada do elenco. Deyverson, Borja e Arthur Cabral são as opções. O Palmeiras fez o último treino hoje (29).

Provável Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Antônio Carlos (Luan), Edu Dracena (Gómez) e Victor Luis; Felipe Melo, Bruno Henrique e Ricardo Goulart; Gustavo Scarpa, Dudu e Deyverson (Borja)

São Paulo está há 10 anos sem ganhar do rival

Um jejum incomoda os torcedores tricolores. Há 10 anos a equipe não sabe o que é vencer o Palmeiras em partidas válidas pelo Campeonato Paulista. Foram dez jogos com três empates e sete derrotas. O placar geral está 17 a 4. 

A última vez que o Tricolor saiu com o resultado positivo foi em março de 2009, 1 a 0 sobre o rival, com gol marcado por Washington.

No primeiro confronto do ano mais uma vitória palmeirense, 1 a 0, em partida válida pela 11ª rodada da primeira fase do torneio.

Pelo lado Alviverde também possui outro tabu a favor: a equipe ganhou os últimos cinco clássicos em competições oficiais. No agregado está 12 a 3. A última vitória do Tricolor aconteceu no dia 27 de maio de 2017, quando a equipe ganhou pelo Campeonato Brasileiro daquele ano por 2 a 0, gols de Lucas Pratto e Luiz Araújo.

Últimos confrontos pelo Choque-Rei

16/03/2019 - Estádio do Pacaembu - São Paulo 0 x 1 Palmeiras (Campeonato Paulista 2019)

06/10/2018 - Estádio do Morumbi - São Paulo 0 x 2 Palmeiras (Campeonato Brasileiro 2018)

02/06/2018 - Allianz Parque - Palmeiras 3 x 1 São Paulo (Campeonato Brasileiro 2018)

08/03/2018 - Allianz Parque - Palmeiras 2 x 0 São Paulo (Campeonato Paulista 2018)

27/08/2017 - Allianz Parque - Palmeiras 4 x 2 São Paulo (Campeonato Brasileiro 2017)

27/05/2017 - Estádio do Morumbi - São Paulo 2 x 0 Palmeiras (Campeonato Brasileiro 2017)

VAVEL Logo