Para voltar à liderança, São Paulo recebe os reservas do Flamengo no Morumbi
(Foto: Staff Images/ Flamengo)

Para voltar à liderança, São Paulo recebe os reservas do Flamengo no Morumbi

Desfalcado apenas de Arboleda, lesionado, Tricolor tenta confirmar o bom início de Brasileirão contra o Rubro-Negro, que preservará seus titulares para o duelo decisivo na Libertadores

rafalisboa
Rafael Lisboa
São PauloTiago Volpi; Hudson; Anderson Martins, Bruno Alves e Reinaldo; Jucilei (Hernanes), Tchê Tchê, Everton, Antony e Toró (Igor Gomes); Alexandre Pato Técnico: Cuca
FlamengoCésar; Rodinei, Thuler, Rhodolfo e Miguel Trauco; Piris da Motta, Ronaldo e Diego; Arrascaeta (Lucas Silva), Vitinho e Lincoln. Técnico: Abel Braga

Nesse domingo (5) às 16h, no Morumbi, São Paulo e Flamengo duelam pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro. 100% na competição, e buscando retomar a ponta, após os resultados de Atlético-MG e Palmeiras no sábado (4), o Tricolor conta com a força da torcida para buscar os três pontos.

Enquanto isso, pensando totalmente no duelo contra o Peñarol-URU, pela Libertadores, o Rubro-Negro, que tem 3 pontos, mandará uma equipe reserva a campo e espera não agravar a crise em torno de Abel Braga.

Apenas sem Arboleda, Cuca terá força máxima para recuperar a liderança

Para confirmar o bom momento, após a chegada de Cuca e no Brasileiro, onde apenas venceu, o São Paulo quer voltar ao topo da tabela nessa tarde no Morumbi. Para vencer os reservas do Flamengo, o Tricolor terá praticamente todos os jogadores disponíveis.

A exceção é o zagueiro Arboleda, com estiramento na coxa. Se o equatoriano, e um dos principais nomes da zaga são-paulina, está fora, Liziero está recuperado de lesão e será titular logo mais, fazendo com que Hudson volte a jogar como lateral-direito, após a expulsão de Igor Vinicius, contra o Goiás. O treinador comemorou a boa arrancada no Brasileirão:

"É uma vitória muito importante, em uma arrancada do campeonato. Quando você arranca bem, te dá confiança, principalmente para um time jovem como o nosso. O jogo começou complicado, demoramos a entender a velocidade pelo lado deles, mas neutralizamos depois. Continuamos controlando o jogo, bem jogado, fizemos o segundo gol e a partida ficou a nossa feição".

Mesmo com equipe reserva, e cheio de garotos, Abel tenta salvar o emprego

Após a derrota para o Internacional, 2 a 1, na última rodada, o clima no Flamengo esquentou de vez. Muito pressionado pela torcida, por conselheiros e até por membros do departamento de futebol, o técnico Abel Braga foi mantido, mas precisa evitar um resultado negativo nessa tarde e conseguir a classificação no Uruguai (caso fique até lá), para aliviar a sua situação.

Pensando na Libertadores, principal objetivo da temporada, o Rubro-Negro entrará em campo com uma equipe completamente reserva e com muitos jovens jogadores entre os titulares, e os relacionados. Além disso, a partida servirá para os retornos de Diego, ao time titular, e Berrío, após lesão. César, que jogará nessa tarde, defendeu o treinador:

"Temos um comandante experiente, com um currículo fantástico e vitorioso. O Abel nos ajudou muito a conquistar o Carioca. Temos um respeito muito grande por ele. Se realmente a diretoria tem pensado ou não (na demissão), isso não cabe a nós jogadores".

VAVEL Logo