Substituto de Diniz, Márcio Araújo lamenta derrota do Flu para Athletico-PR: "Tarde difícil para nós"
Foto: Lucas Merçon/ FFC

O Fluminense sofreu mais um revés no Campeonato Brasileiro, dessa vez para o Athletico Paranaense em Curitiba. Com Gilberto, Ganso e Luciano poupados para o jogo de quarta-feira (5) contra o Cruzeiro, pela Copa do Brasil, o Tricolor saiu derrotado por 3 a 0, pela sétima rodada. Além da derrota, Yony González e Mateus Ferraz saíram machucados e vão passar por exames para saber a gravidade da lesão.

Como Fernando Diniz estava suspenso por ser expulso contra o Bahia em Salvador, o Flu foi comandado pelo auxiliar Márcio Araújo, que em entrevista após o jogo lamentou a derrota sofrida na Arena da Baixada.

"Não é menosprezar a vitória do adversário. Infelizmente perdemos o jogo, mas não tiramos o mérito deles. Foi uma tarde difícil para nós, com dois jogadores machucados e um expulso."

Sendo obrigado a fazer substituições por lesões e com Airton expulso ainda no primeiro tempo, o auxiliar citou as dificuldades do jogo.

"Nós já estávamos tendo dificuldade antes da expulsão por conta da marcação do Athletico-PR. É o que o Fernando (Diniz) fala: fazer o mais simples. E tem hora que o mais simples é o chutão. Tem que decidir o que é melhor no momento. Com um a menos, não havia a necessidade de sair jogando."

Márcio Araújo ainda comentou sobre a força do Furacão dentro de casa.

"O Athletico é uma das equipes que mais jogam bem em sua casa. Tentamos fazer aquilo que foi possível. No 11 contra 11 sempre é muito difícil aqui, mas com um a menos tudo fica mais difícil. Precisamos ter equilíbrio e aprender as lições que a derrota nos impõe e nos preparar para o jogo de quarta-feira, importante, contra o Cruzeiro."

Mesmo com a derrota, Márcio Araújo agradeceu o empenho dos jogadores  e projetou o duelo de quarta-feira contra o Cruzeiro.

"É muito difícil a gente imaginar o que poderia ter sido (sem a expulsão de Airton). De momento, a gente agradece aos jogadores pelo esforço que tiveram, procuraram fazer o melhor, mas não foi possível reverter o quadro. Jogamos muito tempo com um a menos."

"Tivemos muito boas apresentações contra o Cruzeiro. Reconhecemos eles como uma grande equipe, uma das maiores do futebol brasileiro. Elenco é riquíssimo. O jogo será difícil. Por isso, será importante se preparar bem. O jogo tem importância para o time e para o clube financeiramente. Hoje perdemos. A vida é dinâmica, as coisas se modificam, especialmente pela forma como encaramos as coisas."

VAVEL Logo