Felipão é demitido do Palmeiras após duas eliminações e sequência ruim pós-Copa América
Foto: Cesar Greco/divulgação/SE Palmeiras

Felipão é demitido do Palmeiras após duas eliminações e sequência ruim pós-Copa América

O técnico campeão brasileiro de 2018 deixa o clube após sua terceira passagem

vv_cunha
Victor Cunha

Após a derrota por 3 a 0 para o Flamengo no último domingo (01), o Palmeiras, em uma nota oficial em seu site, comunicou a demissão do técnico Luiz Felipe Scolari. Junto com ele saem Paulo Turra e Carlos Pracidelli, integrantes da comissão técnica.

Em sua terceira passagem, o técnico acumulou bons números no Campeonato Brasileiro de 2018, onde não foi derrotado até o fim da campanha do clube, que terminou campeão, com 23 vitórias, 11 empates e apenas quatro derrotas. Foram 64 gols marcados e 26 sofridos.

Ainda no ano de 2018, o Palmeiras seguiu até as semis da Copa do Brasil e da Libertadores, onde foi eliminado por Cruzeiro e Boca Juniors, respectivamente.

Em 2019, Felipão comandou o Palmeiras por 46 partidas, com 26 vitórias, 14 empates e seis derrotas. No Paulistão, foi eliminado nos pênaltis pelo São Paulo, na semifinal. Na Copa do Brasil e na Libertadores caiu nas quartas, para dois gaúchos, Internacional e Grêmio, respectivamente.

Após a Copa América o desempenho do clube caiu. Foram 13 partidas, com apenas três vitórias, 1 a 0 contra o Internacional, 4 a 0 contra o Godoy Cruz e 1 a 0 contra o Grêmio. As vitórias contra os gaúchos se tornaram em desastre pois, pela Copa do Brasil e Libertadores, os resultados foram revertidos por ambos os times, que passaram de fase.

Além disso, foram seis empates e quatro derrotas. A última para o flamengo. Felipão se despede pela terceira vez do Palmeiras, com passagens entra 1997 - 2000, 2010 – 2012 e 2018 – 2019. Ele soma 432 jogos e 216 vitórias pelo clube, com duas Copas do Brasil, uma Libertadores, um Campeonato Brasileiro e um Rio-São Paulo.

VAVEL Logo
CHAT