Com gol nos acréscimos, Corinthians empata com Santo André pelo Paulistão
Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Atual campeão paulista, o Corinthians enfrenta uma pressão neste início de temporada. Na quarta-feira (26), o Timão empatou em 1 a 1 com o Santo André, time de melhor campanha no Campeonato Paulista.

Com este resultado, a equipe do técnico Tiago Nunes segue na zona de classificação para a próxima fase, mas pode perder posição visto que a rodada termina apenas na segunda-feira (2). 

O Corinthians é o vice-líder do grupo D, com nove pontos, mas ainda pode ser ultrapassado por Red Bull Bragantino e Ferroviária, que enfrentam Ituano e Botafogo-SP, respectivamente. No pior cenário o atual campeão paulista pode cair até para a lanterna da chave.

Já o Santo André lidera o Grupo B, o mesmo do Palmeiras, com 19 pontos. O alviverde tem 16 e pode encostar, mas neste final de semana terá pela frente o clássico diante do Santos.

Tensão e dilúvio na Arena Corinthians

A chuva que atinge a cidade de São Paulo nas últimas semanas também prejudicou o duelo em Itaquera. Com estilo de jogo mais trabalhado na posse de bola, o técnico Tiago Nunes precisou mudar a estratégia e até mesmo o zagueiro Gil se lançou para o ataque no segundo tempo, quando o time perdia por 1 a 0.

Nos primeiros 15 minutos de jogo o Corinthians teve duas chances de perigo, uma com Pedrinho e outra com o próprio Gil, mas ambas foram por cima do gol. No entanto, quem abriu o placar foi o Santo André, com Ronaldo. O atacante desviou um cruzamento de Ricardo Luz e acertou o canto esquerdo do goleiro Walter.

Com a vantagem, a equipe do ABC se fechou e viu o adversário pressionar até chegar ao gol. Durante o intervalo, Tiago Nunes sacou Yony González e colocou Boselli em campo. 

Na etapa final a chuva apertou e o jogo virou ataque contra defesa. Douglas Baggio até teve a chance de ampliar, mas este foi um dos raros momentos em que o Santo André passou do meio de campo. 

Do outro lado, Luan e Vagner Love também finalizaram, mas faltou pontaria. O camisa 9 ficou cara a cara com o goleiro, mas a bola subiu demais. O empate poderia ter saído aos 15, quando Boselli acertou a trave em um chute de fora da área.

Para aumentar o poderio ofensivo, o técnico do Corinthians ainda mandou a campo os atacantes JandersonEveraldo. No entanto, o sofrimento do corintiano só acabou nos acréscimos da partida. A estratégia de povoar a área rival deu certo: o Corinthians foi com tudo para a cima do rival e chegou ao empate em cabeçada de Boselli. No lance, o goleiro Fernando Henrique saiu do gol, mas não achou nada e a bola caiu na cabeça do argentino para fazer a torcida corintiana comemorar o 1 a 1 aos 47 minutos. 

Antes do apito final Janderson mandou outra bola na rede, mas o gol não foi validado por impedimento de Gil na origem da jogada. A marcação irritou jogadores e comissão técnica do Corinthians, que cercaram a arbitragem. A Polícia Militar entrou em campo para evitar confusão.

O Novorizontino é o próximo adversário do Corinthians. O duelo está marcado para 7 de março no Estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte, no interior de São Paulo. Já o Santo André recebe na quarta-feira (4) o Goiás, pela segunda fase da Copa do Brasil.

VAVEL Logo