Mauro Cezar Pereira critica visão de Luxemburgo sobre racismo
Mauro Cezar Pereira critica Luxemburgo (Foto: Reprodução / Canal Mauro Cezar Pereira)

Na última semana, declarações de Vanderlei Luxemburgo geraram polêmica no futebol e na sociedade brasileiro. Na ocasião, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, ele relativizou o racismo no futebol - sobretudo no brasileiro. Mauro Cezar Pereira não perdoou o atual técnico do Palmeiras.

Em Live no canal Arnaldo e Tironi, mantido pelos jornalistas Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi no Youtube, Mauro Cezar criticou a visão de Luxemburgo. Para argumentar, o jornalista relembrou suas idas ao estádio na década de 1980, quando era torcedor. Isso porquê o treinador afirmou que, antigamente, tais situações eram tratadas de outra maneira.

Para Mauro Cezar, a visão saudosista do técnico não condiz com a realidade: "O Luxemburgo tentou transformar a questão do racismo no futebol em algo menor. Essa é uma visão do passado. E eu acho que isso evidencia que técnicos de futebol estão presos ao passado não só nas propostas de jogo, mas em quase tudo. Quando eu tinha 20 anos, em 1983, as pessoas pensariam que esse tipo de coisa é do jogo, que era assim mesmo. Isso também se aplica à homofobia e, também, ao jeito com que as mulheres são tratadas. A primeira vez que eu vi uma mulher ser humilhada foi no Maracanã. Na arquibancada, estádio cheio, as torcidas chamavam essas mulheres de piranha pra baixo. E depois vêm falar esse papo de que as famílias tem que voltar ao futebol?", declarou.

VAVEL Logo