Cicinho cita que observava Rogério Ceni para treinar cruzamentos
Cicinho relembra histórias em live (São Paulo FC/Divulgação)

Cicinho é lembrado pelo bom futebol que ele exibiu enquanto jogava no São Paulo . Mais do que isso, seu estilo de vida extracampo era motivo de muita curiosidade por parte de todos. O lateral-direito relembrou duas histórias em uma live no canal oficial do Paulistão no Youtube.

A estreia no Mundial de Clubes 2005, ante o Al-Ittihad, foi motivo de muito nervosismo não só da parte do lateral-direito. "Eu concentrava junto com o Josué. Na madrugada antes do primeiro jogo, nós acordamos às 04h e comemos uma caixa de chocolate de tão ansiosos. O Rogério juntou o grupo inteiro e falou que não poderíamos deixar eles chegarem no jogo aéreo, mas tínhamos um bom elenco. Ainda tivemos uma arbitragem, sem VAR, que foi perfeita", mencionou Cicinho.

Também presente na live, o ator Caio Paduan perguntou como o lateral-direito tinha tanta qualidade no cruzamento. A resposta veio em forma de técnica e, também, acerto com um companheiro.

"Eu comecei a treinar vendo o Rogério Ceni cobrando faltas. Eu morava dentro do CT e, quando ele acabava, eu pegava a barreira e cruzava. A bola tinha que passar da barreira. Esse era o meu treinamento. Quando o Luizão chegou, ele falou que, em cada cruzamento meu em velocidade, ele iria pro primeiro pau. Isso porque a minha bola dificilmente iria subir. Se eu chegasse mais tranquilo, ele ficaria na marca do pênalti", finalizou.

VAVEL Logo