Top 10? Relembre as piores campanhas na era do Campeonato Brasileiro de pontos corridos
Leão fez apenas 20 pontos em 2019 (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí F.C.)

O Campeonato Brasileiro deste ano começa no próximo dia 9. Desde 2003 a competição passou a ser disputada no formato de pontos corridos. Dessa maneira, todos os clubes se enfrentam em jogos de ida e volta. Confira as 10 piores campanhas no Brasileirão neste formato.

10) Avaí, em 2011

A equipe catarinense terminou em 20º lugar, com apenas 31 pontos. Venceu apenas sete partidas. Além disso, empatou dez e foi derrotada em 21 jogos. Assim, o Avaí teve um aproveitamento de 27%. Com saldo de gols -30, marcou 45 gols e foi vazado 75 vezes.

Algumas das goleadas sofridas pelo Avaí foram 5 a 0, diante do Palmeiras, na quinta rodada, e diante do Cruzeiro, na 16ª, e 4 a 0 para o Flamengo, na estreia do Brasileirão. Enquanto a primeira vitória da equipe foi apenas na décima rodada, quando bateu o Atlético-GO por 1 a 0, fora de casa.

Neste mesmo ano, porém, o time foi até as semifinais da Copa do Brasil, caindo para o futuro campeão Vasco.

Entre os destaques positivos, venceu o Corinthians, que viria a ser o campeão daquele ano, por 3 a 2, na 13ª rodada. Posteriormente, na 20ª rodada, a primeira do returno, bateu o Flamengo pelo mesmo placar. A vitória mais expressiva no campeonato foi o 3 a 0 sobre o Athletico-PR, na 28ª rodada. Inclusive, o Furacão também foi um dos rebaixados daquele ano.

9) Atlético-GO, em 2012

O Dragão terminou em 19º lugar, com 30 pontos. A campanha foi de apenas sete vitórias, nove empates e 22 derrotas, com aproveitamento de 26%. O saldo foi -30, com 37 gols marcados e 67 sofridos.

Entre as goleadas, 3 a 0 para o Coritiba, na 5ª rodada.  Na rodada seguinte, o Atlético-GO foi derrotado por 4 a 1 pelo Fluminense, em casa. Na 11ª rodada, perdeu para o Internacional pelo mesmo placar. Já a primeira vitória foi também na 10ª rodada, quando bateu o Figueirense por 3 a 2.

Sua segunda vitória na competição foi na 12ª rodada, 4 a 3 diante do São Paulo, que terminaria a competição em quarto lugar. Já na 18ª rodada, venceu por 2 a 1 o Palmeiras, que viria a ser rebaixado. Destaque também para a vitória. na 25ª rodada, por 2 a 1 sobre o Fluminense, o campeão daquele ano.

Foto: Nelson Perez/Fluminense. F.C.
Foto: Nelson Perez/Fluminense. F.C.

8) Figueirense, em 2012

O Figueira terminou em 20º lugar, com a mesma pontuação do Atlético-GO e campanha semelhante. O critério de desempate foi o saldo de gols. A equipe catarinense teve saldo de -33 em 2012, com 39 gols marcados e 72 sofridos. O Furacão tinha sido sétimo colocado no ano anterior.

O Figueirense foi goleado pelo Grêmio, na 18ª rodada, por 4 a 0. Ao passo que na 28ª sofreu a derrota com o maior número de gols: 6 a 0 para o Atlético-MG. Já na 37ª, mais uma derrota com um placar elástico, dessa vez para o Grêmio, placar de 4 a 2.

Entre as vitórias, a que teve maior número de gols foi 3 a 1 sobre o Coritiba, na 19ª rodada. E no confronto direto contra o Atlético-GO, na 29ª rodada, vitória pelo mesmo placar. Destaque também para as vitórias sobre Cruzeiro e Internacional, 2 a 0 e 3 a 2, respectivamente. Ambas no segundo turno.

7) Grêmio Prudente, em 2010

A equipe terminou em 20º lugar, com 28 pontos. Foram apenas sete vitórias, com 10 empates e 21 derrotas. Para piorar, o então Grêmio Prudente perdeu três pontos ao escalar um jogador de forma irregular. O aproveitamento foi de 25%, com saldo de -25. Marcou 39 gols e sofreu 64.

Estreou sendo goleado por 6 a 1 pelo Avaí. Já na 23ª rodada, derrota para o Corinthians, por 3 a 0. Foi derrotado pelo Atlético-GO pelo mesmo placar duas rodadas depois. Já na 28ª, foi superado pelo Grêmio por 4 a 0.

Nesta mesma temporada, o time disputou a Copa Sul-Americana, após terminar em 11º no ano anterior.

Na segunda rodada em 2010, goleou o Atlético-MG por 4 a 0. Na nona rodada, venceu o Grêmio por 2 a 0. Inclusive, os gaúchos terminaram em quarto lugar naquele ano. Goleou o Guarani, que também seria rebaixado, por 4 a 2, na 26ª rodada.

6) América-MG, em 2016

O Coelho terminou em 20º lugar, com 28 pontos. Na campanha, apenas sete vitórias, sete empates e 24 derrotas. O aproveitamento foi de 25%. Além disso, o saldo de gols foi -35, com 23 gols feitos e 58 sofridos.

Nas rodadas 14 e 15, derrotas por 3 a 0 para São Paulo e Santa Cruz, respectivamente. Posteriormente, na rodada 30, o América-MG foi derrotado pelo Atlético-MG, também por este placar. E 3 a 0 também foi o placar da vitória do Grêmio sobre a equipe, na 36ª rodada.

Sua primeira vitória foi na sexta rodada, quando bateu o Figueirense por 1 a 0. Destaque também para a vitória, pelo mesmo placar, sobre o Santos, vice-campeão daquele ano, na 19ª rodada. Também superou Botafogo e Athletico-PR pelo placar mínimo. Os clubes terminaram entre os seis primeiros.

Foto: Divulgação/São Paulo FC
Foto: Divulgação/São Paulo FC

5) Santa Cruz, em 2006

O Tricolor terminou em 20º lugar, com 28 pontos, mesma pontuação do Grêmio Barueri e do América-MG. Aliás, sua campanha foi semelhante a do clube mineiro, com mesmo número de vitórias, derrotas e empates e aproveitamento de 25%. O saldo também foi -25, com 41 gols marcados e 76 sofridos.

Entre as goleadas, 4 a 0 para o São Paulo, na terceira rodada. Também foi goleado pelo Juventude, na sétima rodada, por 4 a 1. Na 17ª rodada, voltou a levar quatro gols. Dessa vez, na derrota por 4 a 2 para o Grêmio. Na 29ª e na 30ª, o Santa Cruz perdeu de 4 a 0 para o Vasco e 5 a 3 para o Goiás, respectivamente.

Conquistou a primeira vitória apenas 11ª rodada. Na ocasião, bateu o Goiás por 2 a 1. Na rodada seguinte, goleou o Fortaleza, que também seria rebaixado, por 4 a 1. Emplacou três vitórias seguidas ao bater o Flamengo por 3 a 0. E a quarta vitória em sequência foi sobre o Corinthians, por 1 a 0.

4) Paraná, em 2018

O Tricolor terminou em 20º lugar, com 23 pontos. Na campanha, apenas quatro vitórias, 11 empates e 18 derrotas. O aproveitamento do Paraná foi de 20%. Enquanto o saldo de gols foi de -39, com 18 gols feitos e 57 sofridos.

Logo na segunda rodada foi goleado pelo Corinthians, por 4 a 0. Pelo mesmo placar foram as vitórias do Fluminense, na rodada 28, e do Flamengo, na 30ª. Despediu-se da competição empatando em 1 a 1 com o Internacional.

A primeira vitória foi na nona rodada, quando venceu o Fluminense por 2 a 1. Na sequência, venceu o Bahia por 1 a 0. A terceira vitória foi na 14ª rodada, diante do América-MG, pelo mesmo placar. Inclusive, na rodada 33, bateu a equipe mineira novamente e repetindo o placar.

Foto: André Rodrigues
Foto: Divulgação/Flamengo

3) Náutico, em 2013

O Timbu terminou em 20º lugar, com 20 pontos conquistados. Venceu cinco jogos e empatou cinco também, além de 28 derrotas. O aproveitamento foi de apenas 18%, com saldo de gols de -57. Já que marcou 22 vezes e foi vazado em 79 oportunidades.

Das inúmeras goleadas, destaque para o 4 a 1 do Athletico-PR, na 17ª rodada, em casa. Na sequência, o Náutico foi derrotado pelo Vasco por 3 a 0. Mais duas goleadas para a conta, na rodada 26, com 4 a 1 para o Cruzeiro, e na 28, vitória do Internacional pelo mesmo placar. E na 36ª, a maior, 6 a 1, novamente para o Furacão.

Entre as vitórias, a primeira foi na quarta rodada, quando bateu o Flamengo por 1 a 0. Voltou a vencer na nona rodada, 3 a 0 sobre o Internacional. Na rodada 24, bateu o Coritiba pelo mesmo placar. Na rodada seguinte, vitória sobre a Ponte Preta por 2 a 1. Encerrou com vitória sobre o Corinthians, por 1 a 0.

2) Avaí, em 2019

Novamente a equipe catarinense aparece na lista. No ano passado, terminou em 20º lugar, com 20 pontos. Conquistou apenas três vitórias, enquanto ficou no empate 11 vezes e foi derrotado 24 vezes. O aproveitamento foi de 18%. Com saldo de gols -44, marcou 18 gols e sofreu 62.

Alternou o primeiro turno quase todo entre derrotas e empates. Na 21ª rodada, o Avaí foi goleado pelo Grêmio, por 6 a 1. Na 35ª, vitória do Corinthians por 3 a 0. E na penúltima rodada, um novo 6 a 1. Dessa vez, para o Flamengo, que foi o campeão deste ano.

A primeira vitória ocorreu apenas na 17ª rodada. Na ocasião, venceu o Fluminense por 1 a 0, fora de casa. Na 19ª rodada, bateu o Athletico-PR, pelo mesmo placar, também fora de casa. E a terceira e última vitória veio na sequência, sobre o Atlético-MG, pelo placar mínimo mais uma vez.

1) América-RN, em 2007

A pior campanha foi do América-RN, que terminou sua única campanha na elite em pontos corrido na última posição, com 17 pontos. Na campanha, apenas quatro vitórias. Além disso, foram cinco empates e 29 derrotas. O aproveitamento foi de apenas 15%. Com saldo de gols -56, marcou 24 gols e sofreu 80.

Sofreu diversas goleadas ao longo do campeonato. Destaque para o 4 a 1 do Atlético-MG, na 12ª rodada. Na rodada 17, a maior de todas, quando o Náutico venceu por 5 a 1. O Santos também goleou o América. Sendo 4 a 1 para os paulistas, na 21ª rodada. O Timbu goleou novamente na 36ª rodada, 4 a 0.

A primeira vitória foi 3 a 2 diante do Santos, fora de casa, na segunda rodada. Na segunda, bateu o Paraná por 1 a 0, na décima rodada, também como visitante. Enquanto a terceira foi 2 a 1 no Athletico-PR, na 13ª rodada. A última foi novamente sobre o Tricolor do Paraná, por 3 a 2, na 29ª rodada.

VAVEL Logo