No retorno de Luan a Porto Alegre, Grêmio e Corinthians se enfrentam pelo Brasileirão
Foto: Divulgação/SC Corinthians

Gigantes do futebol brasileiro, Grêmio e Corinthians se enfrentam neste sábado (15), às 19h30, na Arena do Grêmio, em duelo válido pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro 2020. O time gaúcho se encontra em ascensão, ainda ganhando moral após derrotar o arquirrival há algumas semanas. Embora a pressão não seja das maiores, por outro lado, o Timão está há três jogos sem vencer.

A partida tem tudo para ser especial para Luan. Atual camisa 7 do Corinthians, o atleta aparece nas prévias como titular da equipe - embora seja muito contestado pela torcida e, por vezes, aparece como suplente. O jogador teve passagem marcante pelo Grêmio entre 2014 e 2019 - ao todo, foram cinco títulos e o prêmio de Rei da América, concedido ao melhor atleta sul-americano, em 2017. É a primeira vez que o jogador volta à Arena Grêmio. 

Imortal embalado

O Grêmio ainda surfa na onda da conquista da Taça Francisco Noveletto, segundo turno do Campeonato Gaúcho. O GreNal decisivo teve o Tricolor com grande atuação ante o arquirrival Internacional. O 2 a 0, sobretudo na segunda etapa, foi muito elogiado pela imprensa gaúcha e por torcedores. O começo do Brasileirão, com uma vitória e um empate (o resultado igual teve o time reserva em campo) também agrada. 

Na primeira rodada, o triunfo foi conquistado ante o Fluminense. No fim de semana, com equipe alternativa, o Grêmio empatou com o Ceará. O Imortal começa a terceira rodada do campeonato na quarta colocação, atrás apenas do Athletico, Atlético-MG e do rival Internacional. Victor Ferraz, Guilherme Guedes e Paulo Miranda não jogam, ainda se recuperando de lesão.

Após perder Everton, que foi para o Benfica, o técnico Renato Gaúcho não quer sentir o substituto do Cebolinha pressionado. "Sem pressão. Não temos que ficar comparando. O Everton é o Everton. Pepê é o Pepê. O Everton nos ajudou muito, foi para o Benfica, não contamos mais. Temos que dar moral para o Pepê. Vou até conversar com ele, não tem peso nos ombros. Livre, leve e solto. Não têm que ficar cobrando do Pepê o que o Everton fazia", afirmou.

Provável escalação: Vanderlei; Orejuela, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Matheus Henrique e Maicon; Alisson, Jean Pyerre e Pepê; Diego Souza.

Em busca da reabilitação

Embora a pressão passe longe de ser grande, o Corinthians não vence há três partidas. O último triunfo do Timão veio nas semifinais do Campeonato Paulista, no 1 a 0 contra o Mirassol. A sequência de jogos sem vitória começou, justamente, na final do Paulistão. Foram dois empates contra o arquirrival Palmeiras - e o título perdido nos pênaltis.

Por conta da final estadual, o Corinthians estreou na segunda rodada do Campeonato Brasileiro 2020. Na última quarta-feira (12), o Timão foi superado, de virada, pelo Atlético-MG: 3 a 2. O jogo contra o Atlético-GO, que foi adiado, ainda não tem data para acontecer. O clube começa a rodada na 16ª colocação.

O técnico Tiago Nunes não vai poder contar com Fagner e Mauro Boselli, que seguem se recuperando de lesão, enquanto Carlos e Janderson, negociando transferência, foram retirados da equipe. Gil e Léo Natel, que estavam com Covid-19 e se recuperaram, estão liberados.

O meia Mateus Vital destacou que a maratona de jogos imposta pela pandemia do coronavírus deve mudar muita coisa na preparação para cada partida. "Creio que agora vai ser mais na base da conversa, mais do que propriamente no treinamento. A gente tem nosso esquema de jogo, o que o Tiago passa para a gente a gente tenta fazer em campo. Nem sempre sai como o esperado. Agora é mais na base da resenha, vamos tentar absorver tudo o que o Tiago tem para passar para a gente e, assim, ir conquistando três pontos, um de cada vez", destacou.

Provável escalação: Cássio; Michel Macedo, Bruno Mendez, Danilo Avelar e Sidcley; Gabriel e Victon Cantillo; Ramiro, Luan e Matheus Vital; Jô.

Arbitragem

Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (RJ)

Assistentes: Michael Correia (RJ) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)

VAR: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)

VAVEL Logo