Em jogo morno, São Paulo e Atlético não saem do empate sem gols no Morumbi
Foto: Pedro Souza / Atlético

Em partida válida pela 22ª rodada do Brasileirão, São Paulo e Atlético-MG se enfrentaram neste sábado (25) no Morumbi. O jogo foi marcado pelas boas atuações defensivas que anularam os ataques adversários, evitando que as chances de gols fossem criadas. Resultado de um jogo morno, abaixo dos que as equipes vem apresentando, mas satisfatória em termos de resultado. 

O time mineiro obteve a posse de bola com 51% e finalizou mais na partida, com 11 chutes, sendo quatro no gol, contra sete do time paulista, que não finalizou a gol.

Diferente do que foi no primeiro tempo, na segunda etapa o São Paulo foi mais ofensivo e chegou a incomodar a defesa alvinegra. A partir de então o Galo começou a se interessar na partida, principalmente após a entrada de Nacho, Alan Franco e Jair, que modificaram assim as características do time e deixaram o meio campo mais agressivo. Ao contrário de Cuca, o técnico Crespo tentava mudar o time com as peças que já estavam em campo e promoveu a primeira substituição apenas aos 35 minutos do segundo tempo.

Nos minutos finais da partida, o goleiro Tiago Volpi, que vem sendo contestado por parte da torcida, se fez peça importante para segurar o empate. Após duas boas finalizações do lateral Guilherme Arana, Volpi fez boas defesas para garantir o empate. 

Cuca surpreende em escalação

O treinador Cuca, ao contrário do que se imaginava, não poupou tantos jogadores e levou quase força máxima a campo, com exceção de Nacho Fernández, Mariano e Jair, que foram poupados. Com três zagueiros, Cuca apostou em um 3-5-2, com Arana e Guga pelas laterais do campo, Nathan e Zaracho responsáveis pela armação. No ataque, Hulk e Vargas se movimentavam em busca de espaços.

A formação com três zagueiros, muito utilizada por Cuca no início do ano, é sempre contestada por parte da torcida e hoje também não surtiu efeitos. Com o resultado fora de casa, o Galo aumentou sua invencibilidade, que agora é de 14 jogos sem perder, e ampliou vantagem na liderança, a equipe Mineira está a oito pontos do vice-líder Palmeiras.

Tricolor segue ameaçado pelo Z-4

Após mais um empate, o São Paulo perde a chance de se descolar do Z-4 e sonhar com uma vaga na Libertadores. Foram dois jogos seguidos em casa, empate com o América-MG e com o Galo. A equipe do técnico Crespo segue na 12ª posição com 27 pontos, cinco a mais que o Juventude, primeira equipe do Z4, ao fim da rodada, o tricolor pode ver a vantagem para o Z4 cair para apenas um ponto.

Próximas partidas

O próximo compromisso do São Paulo no Brasileiro é contra a Chapecoense, última colocada na tabela, em Santa Catarina, no próximo domingo (3/10). A partida diante da equipe catarinense abre uma sequência de jogos com concorrentes diretos no meio da tabela, após a Chape, o tricolor enfrenta o Santos, Cuiabá e Ceará. Buscando mais uma vez se aproximar do G-6 para uma vaga na Libertadores.

O Galo, por sua vez, tem uma decisão na terça-feira (28). A equipe mineira recebe no Mineirão o Palmeiras e precisa vencer para chegar à final da Copa Libertadores. Pelo Brasileirão, o líder da competição volta a campo no sábado (02), diante do Internacional em Belo Horizonte.

VAVEL Logo