Palmeiras empata com Athletico-PR pela ida da Recopa Sul-Americana com gol no fim
Foto: Divulgação/Conmebol Recopa

Athletico-PR e Palmeiras empataram em 2 a 2 nesta quarta (23) pela Recopa Sul-Americana. O jogo foi disputado na Arena da Baixada e foi o primeiro da série.

O time paulista chegou à competição como vencedor da última edição da Copa Libertadores. Já o Furacão, ganhou sua vaga quando levantou o troféu da Copa Sul-Americana.

Ambas as equipes brigam por um título inédito para si, já que ficaram com o vice-campeonato quando disputaram o torneio anteriormente, sendo em 2019 para os paranaenses (derrota para o River Plate) e no ano passado para o Verdão (derrota para o Defensa y Justicia).

Veiga salva o alviverde

Agora frente a frente, os times viram Terans abriu o placar para o os donos da casa logo aos 19 minutos da etapa inicial. O árbitro havia anulado o lance, marcando impedimento do meio campista, mas o VAR confirmou o gol. No cruzamento vindo da direita, o jogador estava em posição regular e Léo Cittadini não chegou a tocar na bola no caminho, o que colocaria o primeiro em posição de impedimento.

Nove minutos depois, Jailson empatou o placar para a equipe do Palestra Itália. Dudu tentou um chute da entrada da área e pegou mal na bola, que foi bloqueada pela defesa. Porém, na sobra, o volante chutou de ponta de pé, colocou uma curva na redonda e ela morreu no canto direito da meta adversária.

O placar foi então igualado para o vestiário e permaneceu assim até os 30' do segundo tempo. Nesse momento, Marlos pegou rebote depois de um bate e rebate, entrou na área pela direita, cortou para dentro e mandou no canto direito do gol.

O time paranaense ficou, assim, mais uma vez na frente do marcador e parecia que ficaria dessa maneira até o final. O jogo se encaminhava para o seu fim, quando Marcinho derrubou Wesley na grande área athleticana aos 48', sendo este o último minuto de partida. O árbitro Facundo Tello deu quatro minutos de acréscimo.

Depois de algumas checagens do VAR, a penalidade foi mantida. Raphael Veiga foi para a bola e marcou para os palmeirenses. Ele chutou no canto esquerdo alto do gol, e o arqueiro Santos caiu no outro.

Após isso, não havia tempo para mais nada. O confronto ficou empatado e indefinido para a sua segunda partida, que irá consagrar o campeão. Ela acontecerá no próximo dia 2 de março, às 21h30, no Allianz Parque.

VAVEL Logo