De líder isolado a fora do G-4 do Campeonato Brasileiro depois da 37ª rodada, assim chega o Botafogo para o último compromisso de 2023. Na noite desta quarta-feira (6), o alvinegro carioca vai ao Beira-Rio enfrentar o Internacional, às 21h30.

No domingo (3), o Glorioso empatou em casa contra o Cruzeiro por 0 a 0, e foi ultrapassado pelo Grêmio, caindo para o quinto lugar com 64 pontos. Agora, o clube precisa vencer e torcer por um tropeço do tricolor gaúcho, Flamengo ou Atlético-MG para garantir a vaga direta para a Libertadores.

Além disso, o elenco botafoguense busca colocar um ponto final na sequência sem vitórias. O último triunfo do time foi no dia 18 de outubro, quando superou o América-MG por 2 a 1. De lá pra cá, foram quatro derrotas e seis empates.

Do outro lado, o Internacional busca fechar a temporada com vitória diante da sua torcida. Na última rodada, o Colorado superou o Corinthians fora de casa por 2 a 1, chegando ao nono lugar, com 52 pontos.

Já garantido na Sul-americana e sem chances de alcançar outras posições na tabela, o Colorado pode chegar a quarta vitória seguida, feito que a equipe ainda não conseguiu na atual edição do Brasileirão.

No histórico entre as equipes, o Inter leva vantagem sobre o Botafogo. Em 68 jogos oficiais, foram 27 vitórias do time gaúcho, 21 do Glorioso e 20 empates. No primeiro turno, a equipe botafoguense levou a melhor por 3 a 1.

  • Colorado tem retorno de meia

O técnico Eduardo Coudet deve escalar o Johnny na equipe titular. Recuperado de lesão no tornozelo, o meia treinou nesta terça-feira e tem chances de entrar em campo logo mais. Bruno Henrique, que disputa a vaga entre os 11 iniciais, pode ser outra opção.

Por outro lado, a equipe não deve contar com Campanharo, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. A lista de desfalques pode aumentar com a presença de Rômulo, que sente dores na panturrilha.

Provável escalação: Rochet; Bustos, Igor Gomes, Mercado e Renê; Johnny (Bruno Henrique), Mauricio, Aránguiz e Wanderson; Alan Patrick e Enner Valencia.

  • Alvinegro tem desfalques importantes

Tiago Nunes terá dor de cabeça para escalar o Botafogo para a partida fora de casa. O treinador não poderá contar com os titulares Adryelson e Gabriel Pires, além de Diego Costa, que tem entrado como opção ofensiva.

Com isso, Bastos e Hugo devem ser promovidos aos 11 iniciais. No ataque, Victor Sá e Tiquinho Soares seguem como titulares e principais esperanças de gols para o time botafoguense.

Outra novidade será o retorno de Eduardo, que ficou de fora da última partida após cumprir suspensão após ser expulso contra o Coritiba.

Provável escalação: Lucas Perri; Bastos, Danilo Barbosa, Victor Cuesta; Tchê Tchê, Marlon Freitas, Eduardo e Hugo; Júnior Santos, Victor Sá e Tiquinho Soares.

  • Arbitragem

Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (Fifa - SP);

Assistente 1: Neuza Ines Back (Fifa - SP);

Assistente 2: Alex Ang Ribeiro (Fifa - SP);

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (Fifa - SP).

VAVEL Logo
Sobre o autor