Presidente enaltece torcida do Flamengo e prevê força máxima no Maracanã: "Vamos suar sangue"

Bandeira de Mello garantiu que jogadores vão "suar sangue" na Sul-Americana; presidente ainda enalteceu torcida do Flamengo, que já esgotou ingressos para volta no Maracanã

Presidente enaltece torcida do Flamengo e prevê força máxima no Maracanã: "Vamos suar sangue"
(Foto: Jayson Braga/Brazil Photo Press via Getty Images)

Sempre discreto, o presidente Eduardo Bandeira de Mello tem costume de acompanhar todas as entrevistas do Flamengo - mas, nesta quarta (6), foi ele quem assumiu o microfone. Após derrota rubro-negra para o Independiente, o mandatário demonstrou confiança no elenco e garantiu que grupo vai "suar sangue" no jogo de volta no Maracanã.

“É um jogo de 180 minutos que eles estão ganhando. Vamos jogar os próximos 90, podendo ter prorrogação, no Maracanã, na nossa casa. Temos confiança nesse grupo. É difícil, o time deles é muito bom e comprovou isso hoje. Não vai ser nada fácil, mas a gente vai lutar muito e vamos suar até a última gota de sangue”, afirmou Bandeira.

O presidente ainda negou a hipótese de que problemas teriam ocorrido entre o Rubro-Negro e a delegação argentina. Ao passar pela zona mista em Avellaneda, Bandeira de Mello aproveitou para enaltecer a torcida do clube carioca, que já esgotou os ingressos para a final.

+ Jogando no Maracanã, Flamengo não vence por dois gols de diferença há sete meses

Apesar de discreto, presidente tem costume de acompanhar coletivas (Foto: Bárbara Mendonça/VAVEL Brasil)
Presidente tem costume de acompanhar coletivas (Foto: Bárbara Mendonça/VAVEL Brasil)

“Não, apenas problemas normais que acontecem. Não temos nada a reclamar e vamos agora recebê-los. (...) Já esgotaram os ingressos, então não preciso nem convocar. A torcida do Flamengo não preciso convocar, porque ela comparece. É nosso maior patrimônio”, finalizou.

Flamengo volta a campo na próxima quarta-feira (13). No Maracanã, o Rubro-Negro recebe o Independiente pela volta da final da Sul-Americana. Como não há critério de gol fora de casa, os cariocas precisam vencer por dois gols de diferença para garantir o título no tempo regulamentar; um 1 a 0 rubro-negro leva a disputa para prorrogação.