Tentando recuperação, Náutico faz confronto direto na degola contra Luverdense

Ocupando lanterna, Timbu busca se aproximar ainda mais do ABC, enquanto o Verdão visa sair da zona de rebaixamento

Tentando recuperação, Náutico faz confronto direto na degola contra Luverdense
Foto: Léo Lemos/Náutico
Náutico
Luverdense
Náutico: Tiago Cardoso; Sueliton (David), Breno Calixto, Feliphe Gabriel e Jeanderson; Darlan, Bruno Mota e Diego Miranda; Erick, Gilmar (Vinícius) e Iago. Técnico: Roberto Fernandes
Luverdense: Diogo Silva; Aderlan, Pablo, Willian e Paulinho; Ricardo, Moacir e Sérgio Mota; Erik, Rafael Silva e Alfredo. Técnico: Júnior Rocha
ÁRBITRO: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 19ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2017, a ser disputada na Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata

Três meses depois de dar o pontapé inicial, a Série B do Campeonato Brasieiro 2017 vai chegando ao fim de sua primeira metade. Na noite desta sexta-feira (4), na Arena de Pernambuco, Náutico e Luverdense vão se enfrentar pela 19ª rodada às 20h30. Em São Lourenço da Mata, as equipes fazem confronto direto das que ocupam a degola.

Ainda que esteja ocupando a lanterna e sem poder largá-la, o Timbu já tem uma motivação extra para a partida. Na última terça-feira (1º), fora de seus domínios, surpreendeu e levou a melhor diante do - até então - vice-líder Vila Nova ao vencer pelo placar mínimo. O resultado levou os alvirrubros pernambucanos aos 11 pontos, garantindo também sua segunda vitória no certame.

O Verdão, por sua vez, vive um momento irregular na briga para deixar a zona de rebaixamento e vem se aproximando de dar um fôlego novo devido ao fracasso de rivais. Diante do Guarani, que vem despencando na tabela, os mato-grossenses foram valentes e saíram vitoriosos por 1 a 0, com gol marcado no fim. O triunfo os deixou na 17ª posição e com 20 pontos, um abaixo do Brasil, primeiro fora do Z-4.

Na estreia, Roberto Fernandes mantém base

Satisfeito com o que viu ante o Vila, ainda que não tivesse comandado, Roberto Fernandes não sinaliza mudanças após chegar para o espaço de Beto Campos. Ainda assim, o novo comandante do Náutico terá de fazer mexidas na equipe titular, pois possui baixas em relação à última partida.

Volante e capitão Amaral, suspenso pelo terceiro amarelo, se junta aos laterais-esquerdos Manoel, que foi expulso e Ávila, lesionado, como as ausências dos alvirrubros para o confronto. Na cabeça de área, deverá entrar Darlan, já que é mais marcador em relação aos concorrentes da vaga.

Roberto Fernandes chega para quarta passagem com objetivo de evitar descenso (Foto: Léo Lemos/Náutico)
Roberto Fernandes chega para quarta passagem com objetivo de evitar descenso (Foto: Léo Lemos/Náutico)

Na lateral-esquerda, Jeanderson é o único disponível e ganha o espaço entre os 11. Jobson, que cumpriu suspensão, deve ficar no banco para Bruno Mota. O lateral-direito Sueliton, poupado por dores musculares, poderá retornar no lugar de David, sendo uma das dúvidas da equipe. Torcedor confesso do Timbu, Roberto pede o apoio da torcida para dar um novo ânimo na competição.

"Entendo que uma coisa fundamental que ocorreu em minhas últimas passagens foi a sinergia da torcida com o time, mas já é uma realidade diferente porque a gente manda os jogos em local diferente e, com as devidas proporções, precisaremos muito do torcedor do nosso lado. O torcedor não só ia em grande número, mas existia um apoio e isso que é fundamental", declarou o comandante.

Desgaste pode promover mexidas no Verdão

Buscando deixar a zona de rebaixamento e continuar em crescimento, o Luverdense ainda não tem a equipe que vai a campo definida. O fato de ter atletas com desgaste, sem serem divulgados pela assessoria de imprensa do clube, deixa o mistério acerca dos 11 iniciais ante o Timbu na Arena.

A tendência, entretanto, é de que a base titular seja mantida. Com isso, o experiente Diogo Silva está mantido no gol, fazendo a defesa com os laterais Aderlan e Paulinho, tal como Pablo e Willian formando a dupla de zaga alviverde para o confronto diante do Náutico distante dos seus domínios.

Meia Sérgio Mota é cotado para seguir na armação do Luverdense (Foto: Leonardo Heitor/Luverdense)
Meia Sérgio Mota é cotado para permanecer na armação do Luverdense (Foto: Leonardo Heitor/Luverdense)

No meio-campo, espera-se que a tática com três volantes permaneça e Ricardo e Moacir façam a cabeça de área, pois tiveram boa atuação na partida contra o Guarani. Na armação, por outro lado, o rodado Sérgio Mota joga isolado, sendo o responsável para criar os lances de ataque do Verdão.

O trio ofensivo dos mato-grossenses, no entanto, é cotado para iniciar com Erik, Rafael Silva e Alfredo. Mesmo assim, o treinador Júnior Rocha conta com a possibilidade da entrada de Rafael Ratão - autor do gol da vitória diante do Bugre - e Macena, com Erik sendo o único a continuar com a titularidade.


Share on Facebook