Rogério Dutra Silva, buscando fazer história no All England Club

Na próxima segunda-feira (03), terá início o terceiro Grand Slam do ano, em Wimbledon, na Inglaterra. A temporada de grama é seguida por um belo triunfo de Rafael Nadal em Roland Garros, que deixou ainda mais aberto o quadro para o principal torneio no piso verde.

Com um histórico decepcionante no quadro masculino de simples, o Brasil é, desde sempre, um país que nunca obteve boas campanhas no torneio. E um de seus tenistas que irá tentar a sorte neste ano é Rogério Dutra Silva, que vem para triunfar no único Slam em que ainda não venceu partidas.

Temporada atual

Neste ano, o circuito profissional viu seis vitórias e onze derrotas do paulista, que assustou ao cair e torcer o tornozelo em partida contra Stan Wawrinka, em Geneva. Mesmo assim, recuperou-se e uma semana depois, venceu Mikhail Youzhny no quinto set em Roland Garros, em uma demonstração incrível de garra e raça.

No circuito Challenger, Rogério foi campeão em Santiago, seguido por boas campanhas em Buenos Aires, onde caiu nas quartas, e na Cidade do Panamá, onde novamente levantou a taça. Ele também foi vice-campeão em Bordeaux, quando perdeu para o experiente Steve Darcis na decisão.

Na carreira, ele tem dez títulos de Challenger e 15 vices. Na grama, nunca obteve resultados expressivos.

Retrospecto em Wimbledon

Em poucos dias, Dutra Silva entrará na chave principal do torneio inglês pela terceira vez na carreira. Em 2012, perdeu na primeira rodada do qualifying para o americano Tim Smyczek.

Em 2011, venceu no qualifying o croata Franko Skugor, que anos além seria carrasco do Brasil na Copa Davis. Na sequência, perdeu para Jean-René Lisnard, de Mônaco. Igualou a campanha em 2014, quando também não se qualificou, vencendo Kristijan Mesaros e sendo derrotado por Alex Kuznetsov.

Nas duas vezes em que entrou na chave principal, não conquistou vitórias. Em 2013, caiu em sets diretos para o ucraniano Sergiy Stakhovsky, pelo placar de 6/4, 6/0 e 6/4. A fase de seu oponente era tão boa, que na sequência ele bateu o heptacampeão Roger Federer.

Na última edição do torneio, Rogério também caiu na primeira rodada, perdendo um emocionante quinto set por 6/3 para o espanhol Nicolás Almagro. Seu retrospecto total no torneio é, portanto, de nenhuma vitória e duas derrotas.

FICHA TÉCNICA

Nome: Rogério Dutra da Silva
Idade: 33 anos (03/02/1984)
Altura: 1.78m
Cidade Natal: São Paulo, São Paulo
Residência: Balneário Camboriú, Santa Catarina

VAVEL Logo