Kenin
surpreende Barty e avança à primeira final de Slam no Australian Open
Foto: Divulgação/WTA

A #14 Sofia Kenin conseguiu um feito histórico no Australian Open. Aos 21 anos, a norte-americana está na sua primeira final de Grand Slam. Ela avançou à decisão do torneio após derrotar a maior favorita, #1 Ashleigh Barty, dona da casa. O placar foi de 2 sets a 0, com parciais de 7/6(6) e 7/5, nesta quinta-feira (30).

Foi um confronto bastante intenso entre as tenistas na semifinal. As duas tem estilos de jogo muito parecido, com ótima regularidade, um belo slice e variação na estratégia o tempo todo. A diferença foi que Kenin foi melhor ainda nesses quesitos, dessa vez, e obrigou a adversária a ir para o limite.

A norte-americana abusou de golpes diferentes para quebrar o ritmo da adversária, principalmente bolas altas no fundo da quadra. Barty não conseguiu se desvencilhar dessas armadilhas e resolveu fazer algo que não costuma: arriscar. Como resultado, a australiana teve muito mais winners que a vencedora (33-16), mas também registrou um grande número de erros não-forçados (36-25).

O sumiço do primeiro saque da número um também a atrapalhou. Ela teve que jogar com o segundo serviço em metade dos pontos e viu Kenin ganhar 48% deles. Em um jogo apertado, esse cenário fez a diferença para a norte-americana. Ambas tiveram quatro break points contra, mas a dona da casa perdeu em dois e a oponente apenas em um.

O primeiro set foi sem muitas emoções. Com exceção do sexto game, em que a jovem de 21 anos teve que se salvar três vezes, o restante da etapa foi marcado por confirmações tranquilas de saque. Assim, a decisão foi para o tiebreak, em que algumas trocas de lideranças culminaram com a vitória da número 14 do mundo, que chegou a ter set point contra: 8-6 no desempate .

A segunda etapa já foi bem diferente. Kenin ficou atrás no placar na maior parte do tempo, devido a uma quebra cedida no terceiro game. Barty chegou a sacar para o set e o empate no geral, mas desperdiçou a chance. A norte-americana deu o troco na hora certa, e ainda em dobro, pois venceu no saque da oponente em dois games seguidos. Como resultado, ela fechou a parcial em 7/5 e garantiu a incrível vitória sobre a número um.

Sofia Kenin avança assim à sua primeira final de Grand Slam. Aos 21 anos, a tenista já tem títulos de WTA na carreira, garantiu a entrada inédita no top 10 e pode agora adicionar um Major à lista. Para isso, ela terá que passar pela #32 Garbiñe Muguruza, que eliminou nas semifinais a #3 Simona Halep.

VAVEL Logo