Shapovalov completa jornada dupla em Genebra com vitória sobre Djere; Dimitrov é eliminado
Foto: Divulgação/ATP

O #15 Denis Shapovalov sobreviveu à jornada dupla nesta quinta-feira (20) e avançou às semifinais do ATP 250 de Genebra, na Suíça. Ele bateu nas quartas de final o #54 Laslo Djere com duplo 6/4, em 1h30. Este foi o primeiro confronto entre os dois.

Após terem os jogos da quarta-feira (18) adiados por causa da chuva, os dois já haviam feito longas partidas mais cedo - Shapovalov precisou de 2h23 para bater Marco Cecchinato, enquanto Djere derrotou Fabio Fognini em 2h34.

O canadense começou um pouco impreciso e, apesar da quebra logo de cara, foi quebrado logo na sequência. No primeiro set, o ex-top 10 enfrentou seis break points, mas salvou cinco deles, enquanto aproveitou 2/5 chances que teve para fechar a parcial.

No segundo set, os dois melhoraram substancialmente seus números no serviço. Djere só cedeu um break point, no primeiro game, mas foi quebrado. Por outro lado, Shapovalov deu duas chances de quebra para o sérvio, mas salvou ambas, e garantiu a vitória.

Dimitrov é eliminado

O adversário de Shapovalov nas semifinais do Gonet Geneva Open é o qualifier #102 Pablo Cuevas, que também superou rodada dupla. Após passar pelo jovem francês Arthur Cazaux mais cedo, o uruguaio bateu nas quartas o #20 Grigor Dimitrov em dois sets, parciais de 7/6(3) e 6/3, em 1h34.

Cuevas esteve em um dia inspirado no serviço. Ele perdeu apenas seis pontos no saque na primeira parcial e oito na segunda, e colocou 75% dos primeiros serviços em quadra. Dimitrov só conseguiu oportunizar um break point em todo o jogo e, apesar de ter sido quebrado apenas uma vez, não foi páreo para o uruguaio.

Esta é a maior vitória de Cuevas em termos de ranking no ano. Ex-top 20, o uruguaio de 35 anos volta às semifinais de um torneio ATP pela primeira vez desde Estoril em abril de 2019. Ele venceu o único confronto com Shapovalov até hoje, em Indian Wells 2018.

VAVEL Logo