Nadal supera 'pupilo' Alcaraz em Indian Wells e vai à quarta final consecutiva
Foto: Divulgação/BNP Paribas Open

Em confronto cerca de expectativas, o #4 Rafael Nadal,, 35 anos, manteve a invencibilidade em 2022 e derrotou o compatriota #19 Carlos Alcaraz, de 18, nas semifinais do Masters 1000 de Indian Wells. No duelo de criador e criatura, melhor para o ex-número 1 do mundo, que venceu com parciais de 6/4, 4/6 e 6/3, em 3h12, neste sábado (19).

Este foi o segundo confronto entre os dois, e a segunda vitória de Nadal. Mas o roteiro desta partida foi bem diferente da anterior, quando o atual campeão do Australian Open fez 6/1 e 6/2, em Madrid 2021.

Os dois não conseguiram se impôr no saque e foram ameaçados o jogo inteiro. Alcaraz enfrentou 21 break points e foi quebrado seis vezes, enquanto Nadal salvou 9/14 oportunidades que cedeu no serviço.

No primeiro set, que durou 1h07, Alcaraz foi ameaçado em todas as suas passagens no serviço e só confirmou duas vezes. Nadal conseguiu três quebras e, após sair perdendo por 2/0, fez 6/4.

A segunda parcial foi muito afetada pelo vento, que foi fator determinante na disputa. Os dois começaram bem no serviço, mas uma sequência de cinco quebras seguidas deixou Alcaraz em vantagem para sacar em 5/4, logo após vencer um game de mais de 21 pontos. Em seu terceiro set point, o campeão do Rio Open empatou a partida: 6/4, em 1h17.

O terceiro set foi o mais curto de todos - teve 50 minutos -, teve menos vento e muito mais consistência no serviço. Nadal enfrentou três break points no mesmo game, sacando em 2/2, enquanto Alcaraz só perdeu cinco pontos no saque, mas quatro deles no mesmo game, quando servi em 3/4. O ex-número 1 do mundo não desperdiçou a abertura dada pelo jovem compatriota e ganhou os últimos seis pontos da partida para garantir a vaga em sua quarta final seguida em 2022.

O que vem por aí

Com 20 vitórias em 20 partidas no ano, Nadal segue em seu melhor início de temporada da carreira. Caso seja campeão em Indian Wells pela quarta vez, o espanhol iguala Djokovic como maior campeão da série Masters 1000, com 37 títulos.

Na decisão do BNP Paribas Open, Nadal vai encarar o #20 Taylor Fritz, que vai disputar sua primeira final desta magnitude - o espanhol chegou à sua 53ª só em Masters 1000. O estadunidense bateu nas semis o #7 Andrey Rublev.

Os dois já se enfrentaram uma vez, também em uma decisão, e Nadal venceu por 2 a 0, em Acapulco 2020. Esta era a maior final de Fritz na carreira até a campanha em Indian Wells.

VAVEL Logo