Belhanda anota golaço por cobertura, Nice vence Toulouse e recupera liderança
Foto: Divulgação/Nice

O Nice venceu mais uma na Ligue 1 e segue líder isolado do campeonato. A vítima da vez foi o Toulouse, que tomou um sonoro 3 a 0, em partida que encerrou a 16ª rodada. Younes Belhanda comandou os Aiglons, anotando um belo gol por cobertura. Jean Seri e Alassane Plea também balançaram as redes. Balotelli segue com lesionado e foi desfalque mais uma vez.

Com a vitória, o Nice ocupa a primeira posição com 39 pontos. O rival Monaco tem 36 e vem logo atrás. O PSG, derrotado na rodada, fica em terceiro com apenas 35. O Toulouse, que está no bolo que briga pela vaga na Europa League, fica apenas na oitava colocação com 22 pontos.

O próximo compromisso do Nice será contra o Krasnodar, pela última rodada do Grupo I da Uefa Europa League. O jogo acontecerá na quinta-feira (8). O clube francês já está eliminado. Pela Ligue 1, o rubro-negro encara o PSG, na capital, no domingo (11). O Téfécé pega o Lorient no sábado (10).

Nice abre vantagem com dois lançamentos de Dante

A partida começou pegada, com as defesas levando a melhor diante dos ataques. Os dois times marcavam no campo de defesa, havia pouco espaço para jogadas trabalhadas pelo meio. Com o decorrer dos minutos, o Nice passou a manter mais a posse da bola. O Toulouse era agressivo na contenção, sufocando o adversário. A primeira boa chance aconteceu aos 12 minutos: Belhanda tocou para Eysseric, que chutou travado por Musavu-King.

Pouco depois, uma triangulação entre Toivonen, Braithwaite e Somália. O brasileiro chutou mirando o ângulo, mas a bola saiu pela linha de fundo. O Nice seguiu melhor, mais ousado. O capitão Dante lançou com precisão. Pléa apareceu por trás da defesa, esperou a bola quicar e bateu por baixo do goleiro, que nada pode fazer.

Desmontado, o Toulouse tomou o segundo: Dante fez mais uma ligação direta, desta vez para a esquerda. Belhanda aproveitou a última linha adiantada, se livrou da marcação, dominou e sem deixar cair mandou com categoria, por cobertura, de fora da área. Golaço do Nice, com direito a cambalhota do camisa 5.

Os Aiglons quase anotaram o terceiro através da bola parada. Falta central próxima à área, Cyprien bateu por cima da barreira e Lafont pulou no ângulo para espalmar com uma mão. Com a boa vantagem e melhores no jogo, o Nice deixava o tempo passar e buscava apenas segurar o Toulouse. O técnico do TFC estava louco à beira do campo.

Torcida faz homenagem à Chape

Foto: Divulgação/Nice

Na volta do intervalo, aos quatro minutos, a torcida do Nice entoou “Vamo, vamo, Chape”. Inclusive, eram visíveis bandeiras do Brasil no estádio e uma faixa em apoio ao clube catarinense. Dentro das quatro linhas, o time da casa seguiu com uma melhor movimentação: Pléa recebeu na esquerda e soltou a bomba, por cima da meta. Walter cobrou falta por cima da barreira e Lafont encaixou. O Toulouse tinha dificuldades em criar jogadas ofensivas, Braithwaite estava isolado.

As poucas chances que os visitantes tinham surgiam apenas em erros de passe do Nice. Mas a marcação do rubro-negro recuperava a posse após um cruzamento errado ou chute bloqueado. Em compensação, do outro lado, os mandantes eram eficientes. Após boa movimentação pelo meio, Michelin tentou afastar pelo alto, mas a bola sobrou para Seri. O camisa 6 teve calma para escolher o canto e bater na saída do goleiro.

O ritmo do jogo caiu na reta final. O TFC não demonstrava mais força e o Nice apenas administrava o placar. A torcida fazia a festa. O lateral Pereira lançou Donis na esquerda, o grego encheu o pé e obrigou Lafont a fazer grande defesa.

VAVEL Logo