Embalado e visando retomar liderança, Real Madrid visita já rebaixado Granada

Em mais uma rodada com a liderança em disputa, o Real Madrid vai até à Andaluzia neste sábado (6), quando enfrenta o Granada em partida válida pela 36ª rodada da La Liga, à partir das 15h45. 

Uma das duas equipes já rebaixadas para disputar a Liga Adelante na próxima temporada, a definição do descenso rojiblanco aconteceu no último sábado (29), com a derrota dentro de casa para a Real Sociedad. Ainda nesta semana, foi iniciado um processo de reformulação do elenco, com um dos principais nomes da equipe sendo praticamente garantido para a próxima jornada. Trata-se de Adrían Ramos. O atacante colombiano sinalizou mandatários do clube que planeja permanecer no clube. Mesmo mantendo estrangeiros, o comandante do clube, Tony Adams, já havia afirmado que a tendência é "espanholizar" o elenco.

Nas 10 últimas partidas entre Granada e Real, foram nove vitórias merengues contra apenas uma rojiblanca

Simplesmente avassalador dentro de campo, o Real Madrid deu um grande passo na última terça-feira (2) rumo à Cardiff. Na partida de ida das semifinais da Uefa Champions League, os madridistas aplicaram um placar de 3 a 0 no rival Atlético de Madrid, com direito à hat-trick de Cristiano Ronaldo. Em alta, a equipe volta a focar suas atenções na Liga, com a possibilidade de retomar a primeira colocação nesta rodada. Para isso, além de vencer, o clube terá que torcer por pelo menos um empate do Villarreal frente ao Barcelona no Camp Nou, algo que não acontece desde a temporada 2009/10. 

Ramos lamenta queda: "Em muitas partidas não fomos competitivos" 

No Granada desde o início do ano, Ramos balançou as redes em três oportunidades, em 11 partidas disputadas. Mesmo estando há pouco tempo no clube, o colombiano apegou-se rápido à Andaluzia, e afirmou que é preciso terminar bem a temporada: "Em muitas partidas não fomos competitivos. É complicado trabalhar sabendo que já caímos, mas é necessário que façamos nosso melhor para terminar da melhor maneira possível a temporada. É nosso dever tentar dar alguma alegria ao torcedor. É difícil falar sobre eles, pois eles nos apoiaram do início ao fim", afirmou o jogador.

A grande oportunidade de 'alegrar' o torcedor neste reta final seria justamente vencer o todo poderoso Real Madrid, mas Ramos atesta que não será um tarefa fácil: "É uma das melhores equipes do mundo e possuem jogadores com um plantel que faz a diferença. Devemos tratar de realizar uma grande partida, a torcida estará conosco como esteve durante toda a temporada, e tudo dará certo", acrescentou.

Dentre as baixas do comandante Tony Adams estão o zagueiro francês Matthieu Saunier, o atacante Artem Kravets e o lateral Héctor HernándezMartin Hongla é dúvida, já que o defensor deixou o último treinamento mais cedo com dores na região da tíbia.

Zidane confirma Real sem 'Trio BBC'

Restam poucas partidas para o fim da temporada, e para o Real, será uma sequência repleta de decisões. Mesmo diante de uma equipe sem grandes motivações, Zinédine Zidane valorizou o rival. "Faltam poucas partidas e os pontos que virão serão de extrema importância. Vamos encarar com a maior seriedade e iremos dar tudo dentro de campo. Se pensarmos que será uma partida fácil iremos nos enganar. É uma rival que mesmo rebaixado possui grandes jogadores".", afirmou o treinador.

"Não gosto de falar sobre jogadores que não são do clube", respondeu Zinedine ao ser questionado sobre o interesse em Mbappé

O francês demonstrou estar 'tranquilo' em relação aos próximos duelos decisivos da equipe: "Não estou preocupado com nada... Mas ainda não ganhamos nada. Podemos ganhar tudo como também podemos não ganhar nada. A única coisa que sabemos e que devemos lutar até o final, até o último minuto da última partida", acrescentou o treinador.

Zinedine ainda defendeu a tão discutida rotação do elenco madridista, já que nesta partida a equipe contará com apenas um atleta da considerada formação titular: Varane: "Cada um tem sua opinião, mas estou sim contente com a equipe e com a BBC em específico. Com os considerados por vocês reservas, eu também estou feliz. Há pessoas que pensam que os que menos entram em campo são os melhores. Mas devo admitir que são raras as partidas que estivemos mal com a BBC em campo. Todos os jogadores são fortes neste plantel, inclusive Benzema, Cristiano e Bale. Não irão jogar por decisão minha", concluiu.

VAVEL Logo