Bonucci releva 'polêmica' com empresário de Donnaruma por braçadeira do Milan

Zagueiro diz que, enquanto estiver no clube, não pretende abrir mão da faixa de capitão, mas vê jovem goleiro como seu sucesso na função

Bonucci releva 'polêmica' com empresário de Donnaruma por braçadeira do Milan
Bonucci é o encarregado de comandar a defesa milanista nesta temporada (Foto: Cláudio Villa/Getty Images)

Após a vitória do Milan sobre o Cagliari, o zagueiro Leonardo Bonucci respondeu a uma declaração do famoso empresário Mino Raiola, na zona mista do estádio San Siro. O agente disse que quando o goleiro Gianluigi Donnarumma aceitou renovar contrato os rossoneri, a diretoria o prometera lhe dar a faixa de capitão. Hoje, o dono da braçadeira é Bonucci, e defensor opinou sobre o assunto.

"As declaração do Raiola não me incomodam. Eu espero que 'Gigio' [apelido de Donnarumma] se torne o capitão do Milan em cinco anos, quando o meu contrato acabar", afirmou o zagueiro, insinuando que não abrirá mão da faixa de capitão.

+ Montella não define capitão do Milan, mas avisa: "Bonucci é candidato, assim como Biglia"

Além de Donnarumma, Bonucci enalteceu a boa fase de Patrick Cutrone, jovem da base rossonera que vem despontando no time profissional e marcando gols importantes. Na vitória sobre o Cagliari, o atacante, de 19 anos, anotou o seu quarto gol pelo Milan em seis jogos desde o início desta temporada.

"Cutrone é um ótimo garoto. Ele escuta conselhos dos atletas mais velhos. Eu acho que nós estamos vendo um grande atacante evoluir. Confesso que ele me surpreendeu quando o vi a primeira vez. Ele tem um senso de posicionamento e finaliza muito bem", avaliou Bonucci.

Vindo de um dos rivais do Milan, e diversas vezes campeão com o seu ex-clube, a Juventus, o zagueiro italiano foi perguntado sobre as comparações com o cenário que ambos os times vivem. Quando passou a investir, a equipe de Turim se sagrou campeã na temporada 2011/12, vencendo todos os títulos da Serie A de lá para cá. Tal semelhança levam às análises por parte da imprensa, e Bonucci vê uma semelhança entre a Juve de seis anos atrás com o atual Milan.

"O Milan está muito parecido com a Juventus em seu primeiro ano que fomos campeões. Naquela época tínhamos um jogador acima da média, que era Andrea Pirlo, e Antonio Conte à beira do gramado. No Milan, temos um ótimo técnico e jogadores com boa experiência em suas seleções e em outros clubes da Europa. Estamos muito próximos de nos tornar uma equipe, e isso será fundamental para atingir os nossos objetivos na temporada", finalizou.