Milan pressiona, mas tropeça contra Sassuolo em casa
De criticado a herói: Kalinic empata para o Milan (Foto: Marco Luzzani/AC Milan)

Milan pressiona, mas tropeça contra Sassuolo em casa

Rossoneri empatam com neroverdi em pleno San Siro e veem sonho da Uefa Champions League mais distante

PedroChagas08
Pedro Paulo Chagas
MilanDonnarumma; Abate (André Silva, min. 55), Bonucci, Romagnoli (Mussachio, min. 2) e Ricardo Rodriguez; Biglia, Kessié e Bonaventura; Suso, Cutrone (Kalinic, min. 67) e Çalhanoglu. Técnico: Gennaro Gattuso.
SassuoloConsigli; Mauricio Lemos, Acerbi e Peluso; Lirola, Sensi (Cassata, min. 57), Mazzitelli, Missiroli e Rogério (Dellorco, min. 67); Politano e Berardi (Ragusa, min. 54). Técnico: Giuseppe Iachini.
Placar0-1, min. 75, Politano. 1-1, min. 86, Kalinic.
ÁRBITROLUCA PAIRETTO (ITA) |CARTÕES AMARELOS: KESSIÉ (MIL. MIN. 21), ROGÉRIO (SAS. MIN. 29), MAZZITELLI (SAS. MIN. 36), MUSSACHIO (MIL. MIN. 74) E BONUCCI (MIL. MIN. 81)
INCIDENCIAS31ª rodada da Serie A, disputada no estádio San Siro, em Milão (ITA)

Neste domingo (8), o Milan empatou em 1 a 1 com o Sassuolo, em Milão, pela 31ª rodada da Serie A. O resultado não é bom para nenhuma das equipes. A equipe rossonera estacionou na sexta posição, com 52 pontos, vê o sonho da Uefa Champions League mais distante e, com a aproximação da Fiorentina, pode sair da zona de classificação para a Europa League. Já os neroverdi seguem a três pontos da Z-3 e continuam lutando para não cair para a Serie B.

O jogo foi o que se esperava de um duelo entre uma equipe postulante à vaga na Champions League contra uma outra que briga para não cair. O Milan começou pressionando, enquanto o Sassuolo assumia uma postura mais defensiva. 

O bombardeio milanês começou logo aos dois minutos de jogo: Ricardo Rodriguez fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Kessié que cabeceou para fora. Dois minutos depois, um susto: Romagnoli caiu no gramado e reclamando de dores e teve que ser substituído. O argentino Musacchio entrou no lugar.

Mesmo com a substituição logo nos primeiros minutos, o Milan não se abateu e seguiu pressionando. Em boa jogada, Çalhanoglu encontrou Bonaventura que cruzou para a área. A bola desviou e o goleiro Consigli, atento, fez excelente defesa. A equipe rossonera seguiu pressionando o Sassuolo, durante todo o primeiro tempo, mas esbarrava na falta de pontaria.

Na segunda etapa, o Milan seguiu martelando o gol do Sassuolo. Em cobrança de escanteio de Suso, a bola sobrou para Çalhanoglu que bateu de primeira. No rebote, Kessié cruzou para Bonucci que cabeceou para fora. 

Sentindo o bom momento, o técnico Gennaro Gattuso tratou de colocar o Milan para a frente. Tirou o lateral Abate e colocou o atacante André Silva e trocou Cutrone, que não fazia grande jogo, pelo questionado Kalinic. As substituições não fizeram efeito imediato. Os rossoneri esfriaram em campo e começaram a sofrer com os contra-ataques do Sassuolo.

Aos 19 do segundo tempo, Ragusa fez boa jogada e arriscou para boa defesa de Donnarumma. 11 minutos depois, "a bola puniu" o Milan. Em jogada na intermediária, o atacante Politano experimentou de longe e marcou um golaço: 1 a 0 Sassuolo.

Precisando da vitória de qualquer maneira, o Milan voltou a pressionar o Sassuolo. Mas seguia com problemas de pontaria. Aos 29 da segunda etapa, Kalinic perdeu uma oportunidade inacreditável. Mas o croata iria se redimir. Dois minutos depois do gol perdido, o atacante recebeu de Musacchio, girou para cima da marcação e bateu bonito, sem chances para Consigli: 1 a 1.

Com a torcida empurrando, o Milan seguiu pressionando o Sassuolo. Nos minutos finais, Kalinic teve excelente chance, mas esbarrou em mais uma grande defesa de Consigli. Mesmo com tantas tentativas do Diavolo, as duas equipes acabaram ficando no empate.

VAVEL Logo

    Itália Notícias

    há 7 dias
    há 8 dias
    há 9 dias
    há 12 dias
    há 12 dias
    há 14 dias
    há 15 dias
    há 15 dias
    há 15 dias
    há 22 dias
    há 22 dias