Real Madrid defende boa vantagem contra Juventus para avançar às semis da Champions

Uefa Champions League conhecerá, nesta quarta-feira (11), seus últimos semifinalistas. No confronto mais aguardado, o Real Madrid recebe a Juventus, no Santiago Bernabéu, em Madri, às 15h45, pelo jogo de volta das quartas de final da competição continental.

No jogo de ida, o Real Madrid venceu a Juventus por 3 a 0 na Itália, com dois gols de Cristiano Ronaldo e um de Marcelo. Os espanhóis podem perder por até dois gols que mesmo assim se classificam. Já a Vecchia Signora tenta reverter a situação e necessita de quatro de diferença para avançar às semifinais. Caso iguale o resultado do jogo de ida, o jogo vai para os pênaltis e se o placar continuar, haverá pênaltis.

Como chegam?

Após o empate por 1 a 1 no dérbi de Madrid no último fim de semana, os merengues foram ultrapassados pelo Valencia e caíram para o quarto lugar no Campeonato Espanhol. Com 64 pontos e distante do líder Barcelona, o Real Madrid se concentra na Liga dos Campeões e busca chegar a semifinal.

No outro lado, a Juventus vive momentos decisivos na Serie A. Líder do campeonato, o time bianconero vem de uma vitória emocionante sobre o Benevento por 4 a 2. O resultado manteve a equipe em primeiro lugar com 81 pontos e disparando na frente do vice-líder Napoli.

Um passo para o tricampeonato inédito

Atual campeão, o Real Madrid tem construído uma hegemonia na Liga dos Campeões. Nas últimas quatro temporadas, os espanhóis chegaram em três decisões e venceram todas, sendo uma delas contra a Juventus, no ano passado. O terceiro titulo seguido seria algo inédito na era moderna da competição e para isso, os galáticos precisam passar pela Vecchia Signora e consequentemente a semifinal.

O técnico Zinedine Zidane terá que quebrar a cabeça para montar a defesa de sua equipe para amanhã. O capitão Sergio Ramos recebeu seu terceiro cartão amarelo no jogo de ida e está suspenso, enquanto seu substituto, Nacho Fernández, se lesionou. Para formar a defesa com Raphael Varane, o comandante merengue pode apostar no jovem Jesús Vallejo ou até mesmo improvisar Casemiro na posição. Questionado sobre a situação de sua zaga e um possível teste do brasileiro, Zidane se mostrou confiante, mas não confirmou o substituto.

"Eu já conheço Casemiro bem, não vejo problema jogar na zaga. É um jogador que joga habitualmente no meio, mas nos treinos, várias vezes, joga comigo lá atrás. Conheço bem como ele joga, como conheço bem aos outros jogadores. É importante se conhecer e em uma partida desta exigência, a comunicação será importante para todos estarem atentos. Nesta equipe, jogue quem jogar, tem qualidade para estar neste tipo de partida", comentou.

Provável escalação (4-4-2): Navas; Carvajal, Varane, Vallejo e Marcelo; Casemiro, Kroos, Modric e Isco; C. Ronaldo e Benzema.

Em busca de um milagre histórico na Espanha

Com desvantagem de três gols, a Juventus terá uma missão bastante desagradável em Madri. O cansaço de jogos decisivos pelo Campeonato Italiano e Liga dos Campeões pode fazer com que a equipe italiana entre mais desgastada, mas por outro lado, também pode manter o ritmo acelerado e dar um ânimo a mais.

Prometendo ir pra cima, Massimiliano Allegri não terá uma de suas principais armas ofensivas: Paulo Dybala. Suspenso, ele se junta ao uruguaio Rodrigo Bentacur, que também levou o terceiro amarelo. Por um problema no abdômen, o zagueiro Andrea Barzagli foi cortado dos relacionados e fica em Turim. Mesmo com os notáveis desfalques, o técnico juventino disse como seus jogadores devem agir na partida de amanhã.

"A equipe treinou muito bem e todo mundo vai estar de olho em nós amanhã. Temos que jogar sem pensar muito no que podemos ou não conseguir, temos poucas chances, então teremos que ser muito bons e ter um pouco de sorte", afirmou.

Provável escalação (4-3-3): Buffon; De Sciglio, Benatia, Chiellini e A. Sandro; Khedira, Matuidi e Pjanic; D. Costa, Higuaín e Manduzkic.

VAVEL Logo