0-1, min. 37, Pavoletti
Fiorentina perde em casa para desesperado Cagliari e fica longe de vaga à UEL

Fiorentina perde em casa para desesperado Cagliari e fica longe de vaga à UEL

Pavoletti marcou único gol do jogo na primeira etapa e deu fôlego para os sardos na luta contra rebaixamento; partida foi marcada por homenagens das duas equipes a Astori

bruno-da-silva
Bruno da Silva

Fiorentina e Cagliari entraram em campo com objetivos importantes nesta reta final de Serie A, mas foram os visitantes que saíram mais perto de alcançá-lo. Graças ao gol de Pavoletti, os sardos deixaram a zona de rebaixamento faltando apenas uma rodada para o fim do Italiano. A Viola perdeu a chance de assumir o sexto lugar e se complicou na luta por uma vaga à Uefa Europa League.

A partida também marcou o encontro dos dois times capitaneados por Davide Astori em sua carreira. O zagueiro faleceu enquanto dormia aos 31 anos, em decorrência de uma parada cardíaca em 4 de março, quando o elenco da Fiorentina estava concentrado em Údine para uma partida contra a Udinense. Astori atuou seis anos pelo Cagliari e três pela Viola. As duas equipes aposentaram o número 13 em homenagem ao ex-capitão.

Badelj e Cepittelli, capitães das equipes, trocaram camisas com o número 13 de Astori (Foto: Gabriele Maltinti/Getty Images)
Badelj e Cepittelli, capitães das equipes, trocaram camisas com o número 13 de Astori (Foto: Gabriele Maltinti/Getty Images)

O início de partida foi de superioridade da Fiorentina, que voltou a se posicionar com três zagueiros, diferente das última rodadas, acionando bastante seus dois alas. Aos 2, Chiesa conseguiu ótima jogada pela direita, cruzou fechado e Cragno deu um tapa, mas a bola ficou limpa para Veretout, que bateu forte, por cima do gol. Já aos 8, após cruzamento de Veretout, Simeone ajeitou e Eysseric bateu de primeira da quina da área, mas a bola passou à esquerda.

Aos poucos, a organização e o espaço que a Fiorentina tinha para trabalhar diminuíram, e o Cagliari, se impondo fisicamente, equilibrou o jogo. Os sardos passaram a pressionar a saída de bola, e forçaram vários erros da Viola nestes momentos. Os mandantes tiveram 62% de posse de bola e sete a seis em finalizações, mas uma tentativa em todo o primeiro tempo foi na direção do gol.

E ela aconteceu aos 37. Em cobrança forte de falta lateral de Lykogiannis, Pavoletti se livrou da marcação e subiu na segunda trave para raspar e abrir o placar no Franchi. Dentro de sua estratégia, o Cagliari foi muito eficiente e conseguiu uma importante vantagem para o intervalo em Florença.

O técnico Stefano Pioli trocou Eysseric por Falcinelli no intervalo, mas a falta de criatividade da Fiorentina continuou, e o Cagliari continuou achando espaços. Aos 3, em arrancada pela esquerda, Lykogiannis cruzou na entrada da pequena área e Diego Farias subiu livre, mas perdeu grande chance, cabeceando no travessão. Um minuto depois, Padoin roubou a bola no meio-campo, soltou para a entrada da área e Farias finalizou de canhota, perto da trave esquerda.

Tropeçando na falta de criatividade e na boa postura defensiva do Cagliari, a Viola apostou em muitos cruzamentos, com pouca ordem. Pioli trocou Benassi por Saponara, tentando aumentar a criação e a Fiorentina teve 65% de posse de bola e 14 finalizações, mas nenhuma na direção do gol de Cragno. Aos 26, em cobrança curta de escanteio, Badelj levantou na entrada da pequena área e Milenkovic desviou de cabeça, por cima. Enquanto isso, os sardos continuavam assustando. No minuto seguinte, João Pedro avançou pelo meio e deu belo passe para Diego Farias, que apareceu com espaço e finalizou colocado, mas desperdiçou outra grande chance, mandando à esquerda do gol.

Aos 34, Biraghi cruzou da esquerda, Chiesa recebeu na segunda trave, ajeitou e finalizou de canhota, com perigo à direita. A última tentativda de Pioli foi Dias no lugar de Laurini, deixando a Viola com apenas dois zagueiros e um lateral, porém o time continuou apostando nas bolas aéreas e individualidades. Aos 41, Chiesa recebeu de Saponara na esquerda, trouxe para dentro e bateu buscando o ângulo, mas errou por pouco.

Lamentação de Chiesa representa toda a comunidade viola após derrota em casa (Foto: Gabriele Maltinti/Getty Images)
Lamentação de Chiesa representa toda a comunidade viola após derrota em casa (Foto: Gabriele Maltinti/Getty Images)

No desespero, a Viola quase tomou o segundo. Aos 47, em jogada de linha de fundo, Barella cruzou fraco, Biraghi se atrapalhou e João Pedro aproveitou tocando no canto, mas Sportiello salvou. Na reta final, Veretout se descontrolou, tomou um amarelo numa confusão dentro da área, e foi expulso aos 49, com vermelho direto, após entrada forte em João Pedro, que resultou em uma confusão generalizada na reta final. Mesmo com o jogo indo até os 52, a Fiorentina acabou derrotada em casa.

Time do Cagliari comemorando com a torcida no Franchi: sardos deixaram zona de rebaixamento (Foto: Gabriele Maltinti/Getty Images)
Time do Cagliari comemorando com a torcida no Franchi: sardos deixaram zona de rebaixamento (Foto: Gabriele Maltinti/Getty Images)

Com a derrota, a Fiorentina parou nos 57 pontos, em 8º lugar. Os dois times a sua frente, que estão no momento classificados à UEL, são Atalanta, 7ª, com 59, e o Milan, 6º, com 60, e eles se enfrentam na rodada. O Cagliari sobe aos 36, deixa a zona de rebaixamento, e ocupa a 16ª colocação.

Na última rodada, a Fiorentina faz confronto direto contra o Milan, enquanto o Cagliari joga em casa com a Atalanta - partida que também interessa à Viola. Os jogos estão marcados para o próximo domingo (20), às 13h.

VAVEL Logo
CHAT