Fiorentina sai na frente, mas Sampdoria busca empate em jogo atrasado da Serie A
Foto: Divulgação/UC Sampdoria

Fiorentina sai na frente, mas Sampdoria busca empate em jogo atrasado da Serie A

Em partida válida pela primeira rodada do Italiano, equipes ficaram no 1 a 1 e chegaram aos sete pontos em quatro jogos

bruno-da-silva
Bruno da Silva
SampdoriaAudero; Sala, Tonelli, Andersen, Murru; Barreto, Ekdal, Linetty (Praet, min. 55); Caprari (Gastón Ramírez, min. 69); Defrel, Quagliarella (Kownacki, min. 81). Técnico: Marco Giampaolo
FiorentinaDragowski; Milenkovic, Pezzella, Vitor Hugo, Biraghi; Veretout, E. Fernandes, Gerson (Benassi, min. 89); Chiesa (Sottil, min. 81), Pjaca (Mirallas, min. 60), Simeone. Técnico: Stefano Pioli
Placar0-1, min. 13, Simeone. 1-1, min. 59, Caprari
ÁRBITROFabio Maresca, auxiliado por Valentino Fiorito e Antonino Di Lorio. Amarelos: Sala, Linetty, Tonelli (SAM); Veretout, Benassi (FIO)
INCIDENCIASPartida válida pela primeira rodada da Serie A Tim 2018-19, no Stadio Luigi Ferraris, em Gênova, Itália

Sampdoria Fiorentina entraram em campo nesta quarta-feira (19), enquanto jogos da Champions League estavam em andamento, e empataram em 1 a 1, em jogo válido pela primeira rodada da Serie A. A partida inicial das equipes no Italiano foi adiada por conta da queda da Ponte Morandi, em Gênova, poucos dias antes do início da competição. Simeone abriu o placar para a Viola, e Caprari decretou a igualdade no placar no Luigi Ferraris.

+ Confira ofertas de nosso parceiro Futfanatics

O primeiro tempo teve a Fiorentina sempre mais perigosa no Luigi Ferraris. Diante de um empolgado rival, a Viola conseguiu impor seu jogo, com menos posse de bola - 41% -, mas com muita velocidade e mais chances de gol. Foram 10 chutes dos visitantes na primeira etapa, com cinco da Sampdoria. Em chutes certos, vantagem ainda maior do time de Florença: seis a um.

A primeira boa chance da Viola veio aos seis. Após chute de Milenkovic, Andersen se atrapalhou e Simeone foi mais esperto para roubar e tentou encobrir o goleiro, mas pegou fraco e Audero segurou sem problemas. Sete minutos depois, em cruzamento milimétrico de Biraghi, Simeone antecipou o zagueiro para desviar de cabeça e abrir o placar em Gênova.

Mesmo a frente do placar, a Fiorentina continuou sendo o melhor time do jogo. Aos 19, Chiesa fez boa jogada pela direita, chegou à linha de fundo e cruzou para trás, onde Pjaca apareceu para cabecear, mas Audero pegou sem problemas. A primeira chance mais perigosa dos genoveses foi aos 28. Murru recebeu com espaço pela esquerda e achou Caprari, livre no meio da área, mas o atacante pegou mal e mandou longe. Dois minutos depois, Veretout avançou pelo meio, abriu na direita e Pjaca limpou para dentro antes de finalizar, por cima.

Aos 32, um lance que poderia ter mudado o jogo. No contra-ataque puxado por Fernandes, Chiesa recebeu na linha de fundo e cruzou na marca penal, onde Pjaca, sozinho, apareceu para finalizar, mas parou em defesa milagrosa de Audero. Dois minutos depois, Chiesa recebeu bola atravessada na esquerda, limpou para dentro e bateu no canto, com perigo.

Mesmo sem muitas oportunidades, a Sampdoria teve na bola parada uma ótima chance. Aos 41, Caprari bateu falta da entrada da área com categoria e carimbou o travessão. Assim, merecidamente, a Viola foi ao intervalo com 1 a 0 de vantagem.

O começo da segunda etapa foi mais equilibrado, com a Sampdoria se lançando a frente e a Fiorentina tentando aproveitar os espaços. Aos dois, em nova cobrança de falta traiçoeira, Caprari mandou no lado do goleiro, com efeito, e exigiu uma primeira intervenção importante de Dragowski. No minuto seguinte, Simeone recebeu na entrada da área após jogada de Chiesa, carregou e tentou chute rasteiro da entrada da área, parando em defesa segura de Audero.

O jogo mudou após a entrada de Praet promovida por Marco Giampaolo, na vaga de Linetty aos nove minutos. A partir daí, a Sampdoria passou a pressionar a Fiorentina, que não conseguia sair do campo de defesa. Pouco tempo depois, aos 14, Barreto atravessou ótimo passe da direita para a esquerda, Caprari recebeu com espaço, limpou para dentro e com categoria, mandou no canto esquerdo de Dragowski para fazer 1 a 1.

Como resposta, Stefano Pioli trocou Pjaca e promoveu a estreia de Mirallas na Fiorentina. O time de Florença continuou sem muitas oportunidades durante alguns minutos ainda, antes de recuperar-se e reequilibrar a partida. Aos 31, em nova cobrança de falta perto da área, Ramírez bateu de canhota e acertou a rede, pelo lado de fora.

A Fiorentina só teve nova chance aos 33. Veretout levantou na marca do pênalti, Milenkovic subiu e desviou de cabeça, em cima de Audero. Apesar do segundo tempo abaixo do primeiro, a Fiorentina, no fim, por pouco não venceu. Aos 41, Veretout roubou a bola no ataque, rolou para a entrada da área e Mirallas finalizou rasteiro, muito perto da trave direita. Já nos acréscimos, Benassi recuperou a posse perto da área, passou para o meio e Milenkovic chegou batendo forte, mas Audero salvou um ponto para a Sampdoria.

O empate deixa os dois times com sete pontos, com a Sampdoria em quarto e a Fiorentina em quinto lugar, por conta do saldo de gols (+7 contra +5). Na próxima rodada, os dois times entram em campo no sábado (22). A Samp recebe a Internazionale, 15ª colocada, às 15h45. Antes, às 13h, a Viola recebe a vice-líder Spal.

VAVEL Logo

    Itália Notícias

    há 12 dias
    há 12 dias
    há 13 dias
    há 14 dias
    há 15 dias
    há 16 dias
    há 17 dias
    há 17 dias
    há 19 dias
    há 20 dias
    há 20 dias