Fiorentina sai na frente, mas Sampdoria busca empate em jogo atrasado da Serie A
Foto: Divulgação/UC Sampdoria

Fiorentina sai na frente, mas Sampdoria busca empate em jogo atrasado da Serie A

Em partida válida pela primeira rodada do Italiano, equipes ficaram no 1 a 1 e chegaram aos sete pontos em quatro jogos

bruno-da-silva
Bruno da Silva
SampdoriaAudero; Sala, Tonelli, Andersen, Murru; Barreto, Ekdal, Linetty (Praet, min. 55); Caprari (Gastón Ramírez, min. 69); Defrel, Quagliarella (Kownacki, min. 81). Técnico: Marco Giampaolo
FiorentinaDragowski; Milenkovic, Pezzella, Vitor Hugo, Biraghi; Veretout, E. Fernandes, Gerson (Benassi, min. 89); Chiesa (Sottil, min. 81), Pjaca (Mirallas, min. 60), Simeone. Técnico: Stefano Pioli
Placar0-1, min. 13, Simeone. 1-1, min. 59, Caprari
ÁRBITROFabio Maresca, auxiliado por Valentino Fiorito e Antonino Di Lorio. Amarelos: Sala, Linetty, Tonelli (SAM); Veretout, Benassi (FIO)
INCIDENCIASPartida válida pela primeira rodada da Serie A Tim 2018-19, no Stadio Luigi Ferraris, em Gênova, Itália

Sampdoria Fiorentina entraram em campo nesta quarta-feira (19), enquanto jogos da Champions League estavam em andamento, e empataram em 1 a 1, em jogo válido pela primeira rodada da Serie A. A partida inicial das equipes no Italiano foi adiada por conta da queda da Ponte Morandi, em Gênova, poucos dias antes do início da competição. Simeone abriu o placar para a Viola, e Caprari decretou a igualdade no placar no Luigi Ferraris.

+ Confira ofertas de nosso parceiro Futfanatics

O primeiro tempo teve a Fiorentina sempre mais perigosa no Luigi Ferraris. Diante de um empolgado rival, a Viola conseguiu impor seu jogo, com menos posse de bola - 41% -, mas com muita velocidade e mais chances de gol. Foram 10 chutes dos visitantes na primeira etapa, com cinco da Sampdoria. Em chutes certos, vantagem ainda maior do time de Florença: seis a um.

A primeira boa chance da Viola veio aos seis. Após chute de Milenkovic, Andersen se atrapalhou e Simeone foi mais esperto para roubar e tentou encobrir o goleiro, mas pegou fraco e Audero segurou sem problemas. Sete minutos depois, em cruzamento milimétrico de Biraghi, Simeone antecipou o zagueiro para desviar de cabeça e abrir o placar em Gênova.

Mesmo a frente do placar, a Fiorentina continuou sendo o melhor time do jogo. Aos 19, Chiesa fez boa jogada pela direita, chegou à linha de fundo e cruzou para trás, onde Pjaca apareceu para cabecear, mas Audero pegou sem problemas. A primeira chance mais perigosa dos genoveses foi aos 28. Murru recebeu com espaço pela esquerda e achou Caprari, livre no meio da área, mas o atacante pegou mal e mandou longe. Dois minutos depois, Veretout avançou pelo meio, abriu na direita e Pjaca limpou para dentro antes de finalizar, por cima.

Aos 32, um lance que poderia ter mudado o jogo. No contra-ataque puxado por Fernandes, Chiesa recebeu na linha de fundo e cruzou na marca penal, onde Pjaca, sozinho, apareceu para finalizar, mas parou em defesa milagrosa de Audero. Dois minutos depois, Chiesa recebeu bola atravessada na esquerda, limpou para dentro e bateu no canto, com perigo.

Mesmo sem muitas oportunidades, a Sampdoria teve na bola parada uma ótima chance. Aos 41, Caprari bateu falta da entrada da área com categoria e carimbou o travessão. Assim, merecidamente, a Viola foi ao intervalo com 1 a 0 de vantagem.

O começo da segunda etapa foi mais equilibrado, com a Sampdoria se lançando a frente e a Fiorentina tentando aproveitar os espaços. Aos dois, em nova cobrança de falta traiçoeira, Caprari mandou no lado do goleiro, com efeito, e exigiu uma primeira intervenção importante de Dragowski. No minuto seguinte, Simeone recebeu na entrada da área após jogada de Chiesa, carregou e tentou chute rasteiro da entrada da área, parando em defesa segura de Audero.

O jogo mudou após a entrada de Praet promovida por Marco Giampaolo, na vaga de Linetty aos nove minutos. A partir daí, a Sampdoria passou a pressionar a Fiorentina, que não conseguia sair do campo de defesa. Pouco tempo depois, aos 14, Barreto atravessou ótimo passe da direita para a esquerda, Caprari recebeu com espaço, limpou para dentro e com categoria, mandou no canto esquerdo de Dragowski para fazer 1 a 1.

Como resposta, Stefano Pioli trocou Pjaca e promoveu a estreia de Mirallas na Fiorentina. O time de Florença continuou sem muitas oportunidades durante alguns minutos ainda, antes de recuperar-se e reequilibrar a partida. Aos 31, em nova cobrança de falta perto da área, Ramírez bateu de canhota e acertou a rede, pelo lado de fora.

A Fiorentina só teve nova chance aos 33. Veretout levantou na marca do pênalti, Milenkovic subiu e desviou de cabeça, em cima de Audero. Apesar do segundo tempo abaixo do primeiro, a Fiorentina, no fim, por pouco não venceu. Aos 41, Veretout roubou a bola no ataque, rolou para a entrada da área e Mirallas finalizou rasteiro, muito perto da trave direita. Já nos acréscimos, Benassi recuperou a posse perto da área, passou para o meio e Milenkovic chegou batendo forte, mas Audero salvou um ponto para a Sampdoria.

O empate deixa os dois times com sete pontos, com a Sampdoria em quarto e a Fiorentina em quinto lugar, por conta do saldo de gols (+7 contra +5). Na próxima rodada, os dois times entram em campo no sábado (22). A Samp recebe a Internazionale, 15ª colocada, às 15h45. Antes, às 13h, a Viola recebe a vice-líder Spal.

VAVEL Logo

    Itália Notícias

    há um dia
    há 2 dias
    há 2 dias
    há 3 dias
    há 3 dias
    há 4 dias
    há 9 dias
    há 9 dias
    há 9 dias
    há 10 dias
    há 10 dias