Napoli perde chances e fica no zero contra Fiorentina fora de casa
Foto: Divulgação/SSC Napoli

Napoli perde chances e fica no zero contra Fiorentina fora de casa

Goleiro Lafont brilhou e garantiu um ponto para a Viola, no Artemio Franchi

bruno-da-silva
Bruno da Silva
FiorentinaLafont; Ceccherini, Pezzella, Hancko (Victor Hugo, min. 57); Dabo, Veretout, E.Fernandes, Biraghi; Gerson (Mirallas, min. 69 [Simeone, min. 81]), Chiesa; Muriel. Técnico: Stefano Pioli
ssc napoliMeret; Hysaj, Maksimovic, Koulibaly, Mário Rui (Ghoulam, min. 6); Zielinski, Allan, Fabián Ruiz, Callejón; Insigne (Verdi, min. 77), Mertens (Milik, min. 62). Técnico: Carlo Ancelotti
INCIDENCIASPartida válida pela 24ª rodada da Serie A Tim 2018-19, no Stadio Artemio Franchi, em Florença, Itália

Em ótima noite do goleiro Alban Lafont, a Fiorentina segurou o 0 a 0 com o Napoli neste sábado (9), no Artemio Franchi, em Florença. Em partida válida pela 23ª rodada da Serie A, os napolitanos tiveram as melhores chances da partida, mas não conseguiram superar o arqueiro francês e nem acabar com a invencibilidade da Viola em 2019.

A primeira etapa foi de domínio claro do Napoli. Apesar do número maior de finalização da Fiorentina - nove a sete, um a dois em chutes na direção do gol -, os visitantes tiveram algumas chances claras e perderam a chance de sair na frente. Além das chances perdidas, o time napolitano precisou fazer uma alteração logo aos cinco, quando Rui saiu contundido e foi substituído por Ghoulam.

Aos seis, Após cruzamento na segunda trave, Zielinski finalizou para defesa de Lafont e, no rebote, Insigne perdeu grande chance mandando para fora. Cinco minutos depois, Ghoulam descolou ótimo cruzamento da esquerda e encontrou Insigne nas costas da defesa, mas Lafont evitou o gol napolitano salvando o chute do atacante.

Com muitos desfalques na defesa - Milenkovic e Laurini estavam fora, e Vitor Hugo sem 100% das condições físicas -, a Fiorentina mudou o esquema tático para 3-5-2, improvisando Dabo como ala direito e teve alguns problemas para defender o poderio ofensivo napolitano. Aos 21, Mertens recebeu passe de Zielinski na esquerda, cruzou na segunda trave e Callejón apareceu para finalizar na pequena área, mas perdeu a chance mandando à direita do gol.

A primeira chance da Viola só veio aos 27. Depois de jogada pela direita, Chiesa cruzou para trás, Veretout dominou e encheu o pé, parando em ótima intervenção de Meret. Dabo ficou com o rebote, mas finalizou à esquerda.

A melhor oportunidade do Napoli veio aos 35. Insigne deu grande passe de cobertura para dentro da área, Zielinski ajeitou de cabeça e deixou Mertens de frente para o gol, porém Lafont brilhou para evitar o primeiro do jogo com uma defesa cara a cara e manteve o 0 a 0 para o intervalo.

O Napoli aumentou sua posse de bola no segundo tempo - de 57% para 60% -, e continuou sendo o time dominante da partida. Os visitantes trocaram 510 passes, mais de 150 a mais que a Fiorentina, que completou 335. A primeira chance dos napolitanos foi aos sete. Em boa jogada construída pela direita, Mertens recebeu de Insigne e cruzou rasteiro para Zielinski, que finalizou da entrada da pequena área e parou em mais uma grande defesa de Lafont.

Carlo Ancelotti tentou aumentar seu poder de fogo com as entradas de Milik e Verdi nas vagas de Insigne e Mertens, mas, apesar do domínio territorial, as chances foram mais raras que no primeiro tempo. Aos 26, após cruzamento de Hysaj, a zaga da Viola afastou para frente e Zielinski finalizou colocado no rebote, mandando muito perto do ângulo direito.

Do outro lado, Stefano Pioli foi conservador, trocando Hancko por Vitor Hugo na defesa, e Gerson por Mirallas no ataque - o belga acabou ficando apenas 12 minutos em campo, substituído por lesão por Simeone. Apesar de buscar os contra-ataques com a velocidade de Chiesa, a Fiorentina não assustou o gol de Meret - finalizou seis vezes na segunda etapa, apenas uma vez na direção do gol.

O Napoli esteve perto do gol no final da partida. Aos 47, Callejón recebeu grande lançamento na direita, cruzou na segunda trave e Milik se lançou para a bola para finalizar, acertando a rede pelo lado de fora. Dois minutos depois, Milik tabelou com Allan na intermediária e arriscou chute forte de fora da área, porém novamente Lafont apareceu para espalmar e garantir o 0 a 0.

Com 32 pontos, a Fiorentina chega ao 11º empate na Serie A, permanecendo na nona colocação. Já o vice-líder Napoli vai aos 52, oito atrás da líder Juventus, que visita o Sassuolo neste domingo (10).

Na próxima quinta-feira (14), o Napoli enfrenta na Europa League o Zürich, fora de casa, pela fase de 16 avos de final, às 18h. No domingo (17), o time recebe o Torino, às 16h30, pela Serie A. No mesmo dia, mas às 8h30, a Viola visita a Spal. Partidas no horário de Brasília.

VAVEL Logo